Opinião

Está tudo louco!

O futebol tornou-se infinito desde a génese, com a crescente ascendência por todo o mundo, os Deuses reservaram um espaço no berço da eternidade histórica. A beleza da sua arte contempla o espírito do homem, permitindo que experiencie o sabor de outras dimensões, o que se vive na terra não se vive nos céus.

O futebol é feito de pessoas, mas não responde pelos seus atos, ele vem do alto e sobrevoa a terra, existe para preencher o vazio humano, um regalo de misericórdia. O que seria de nós sem o futebol? O que já teríamos feito se ele não existisse? Haveria algo que substituísse a sua inexistência?

Os corações seriam gélidos e as paixões não teriam fogo. A sociedade está a ficar louca, estamos a cuspir no prato mais sagrado que nos alimenta, a violência que o homem está a provocar neste desporto está a contaminar a existência, os episódios continuam a alastrar-se, entramos na moda do duelo físico entre jogadores, treinadores, dirigentes e adeptos no final dos jogos.

As mentes estão nervosas, a pandemia, a crise económica mundial e a guerra transformou a sociedade num palco de conflitos, as pessoas estão diferentes, perfurou-se o escudo da serenidade e, com isto, alguns meios de comunicação social continuam a promover o ódio.

Estamos a delapidar o nosso maior tesouro, se o homem é mau deve ser substituído pelo bom, se a lei é escassa reformule-se nova lei, é preciso travar imediatamente esta loucura, os insanos sem cura estão apodrecer a dádiva dos céus. O futebol é dos sábios, dos génios e dos habilidosos da arte, libertem o povo e estabeleçam a ordem!

*Treinador

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG