O Jogo ao Vivo

Opinião

Legionela. Ninguém se demite?!

Legionela. Ninguém se demite?!

Passados vários meses da tragédia, é altura de extrair lições e de serem apontadas responsabilidades.

Portugal sofreu o terceiro maior surto mundial de legionela, o segundo maior em espaço aberto, centenas de pessoas foram afectadas, mais de uma dezena morreu, os prejuízos humanos, económicos e financeiros foram imensos.

A minha primeira palavra é de condolências para as famílias dos doentes que faleceram e de solidariedade para os doentes que sofreram, alguns ficando com sequelas.

A segunda palavra é de admiração e elogio a todos os profissionais de saúde dos vários hospitais que receberam esta enorme sobrecarga de doentes complexos, pois conseguirem responder bem apesar da falta de recursos humanos e da limitação de meios.

A terceira é para afirmar que o principal mérito de todo o processo esteve nos médicos que fizeram o diagnóstico dos primeiros doentes numa fase precoce do surto, no Hospital de Vila Franca de Xira, mérito esse pouco reconhecido e agradecido.

A partir daí foi um trabalho normal dos especialistas de saúde pública, bem feito, mas sem dificuldades de maior, dadas as características do surto e o conhecimento existente sobre as potenciais fontes de legionela.

Porém, o Ministério da Saúde cavalgou uma inacreditável manobra de marketing e comunicação, passando a imagem de um trabalho excepcional e eficiente e merecedor de generalizado aplauso e "setas para cima" na comunicação social. Na verdade, é exactamente o contrário!!! Porquê? Porque o surto nunca devia ter acontecido!

O Ministério da Saúde, a Direcção-Geral da Saúde e o Ministério do Ambiente, porque aligeiraram criminosamente as medidas de auditoria e controlo das potenciais fontes de legionela, falharam gravemente na sua principal missão: a prevenção. Foi uma vergonha para Portugal a existência de um tão grave surto de legionela. As mortes ocorridas ficarão para sempre a pesar na sua consciência moral, técnica e política.

Porém, como sempre, ninguém assume responsabilidades, ninguém se demite e alguns ainda parecem pensar que são heróis...

Que país é este, em que a opinião pública, apesar de tantas mortes, tolera desta forma tão chocante a irresponsabilidade e a incompetência de alguns governantes?

BASTONÁRIO DA ORDEM DOS MÉDICOS

Outras Notícias