Opinião

Rt acima de 1

O valor do Rt divulgado esta sexta-feira pela DGS, calculado pelo INSA, é de 0,97, valor que em breve estará acima de 1. Neste contexto, torna-se particularmente relevante entender o que isto representa.

O número efetivo de reprodução, o Rt, estima o número médio de infeções geradas por cada pessoa infetada. Em particular, o valor de 0,97 significa que em média cada 100 casos dão origem a 97 novos casos. No entanto, é importante notar que isto não caracteriza aquilo que acontece ao dia de hoje, mas sim ao dia 26/3.

O cálculo que é feito pelo INSA baseia-se na data de início de sintomas. Uma reformulação mais precisa do significado deste 0,97 seria dizer que se espera que cada 97 infetados com data de início de sintomas a 26/3, tenham sido originados por 100 casos anteriores.

De modo a conseguir-se uma estimativa adequada deste valor é necessário ter dados suficientemente consolidados. No caso concreto estamos a falar de 7 dias entre o momento a que o valor diz respeito e a data da sua divulgação.

Além disso, como existe um período de incubação médio de cerca de 5 dias entre a infeção e o início de sintomas, isso significa que este Rt dá-nos uma informação centrada a dia 21/3, em termos de data de aquisição da infeção. Assim, temos de ter sempre em conta um desfasamento de 12 dias entre o dia de divulgação do Rt e o momento de infecciosidade a que ele se reporta.

Perante isto, qualquer reação relativa ao agravamento da situação nacional, será feita com um atraso de, no mínimo, duas a três semanas. Daí ser tão fundamental assegurar uma baixa incidência e agir preventivamente ao nível local.

No relatório semanal do INSA, publicado esta sexta-feira, é apresentada uma estimativa provisória de 1,02 para o Rt nacional do dia 28/3. Um valor acima de 1 é um primeiro sinal de alerta, podendo corresponder ao início de uma fase de aumento de novos casos, algo que se deve evitar que se torne sustentado. Uma vez mais é necessária a ajuda de todos.

PUB

*Professor de Matemática da FCUP

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG