Opinião

As festas da minha terra!

As festas da minha terra!

Setembro era mês de descanso de praia, de visita à quinta e de um longo pousio no Arco de Baúlhe. Pousio relativo porque a estadia era invariavelmente animada pela Romaria de Nossa Senhora dos Remédios.

Lembro a devoção sentida na procissão das velas com um só andor, o de Nossa Senhora, correndo mansamente a rua, a serra e a avenida ao ritmo do terço cantado.

Lembro a excitação do arraial com festa montada em vários sítios da aldeia e, durante alguns anos, a curiosidade pelos que chegavam de França em carros vistosos.

Lembro a majestosa Procissão do Triunfo com mais de 20 andores, alguns dos quais, típicos de Basto, mediam vários metros de altura, numa espiral de cetins e espelhos em cujo cocuruto se equilibravam santinhos que víamos ao nível dos olhos empoleiradas na varanda da nossa casa.

E pronto, eu sou do Arco como o Arco é da Senhora dos Remédios. Até porque a Dorzinhas, uma enorme amiga lá de casa, tinha o privilégio de cuidar das roupas e de pentear os cabelos anelados da Senhora.

Este ano a Romaria da Senhora dos Remédios celebra 300 anos de existência. E é com grande admiração que tomo consciência da forma como os arcoenses a estudaram, lhe conheceram as andanças desde que há registos e procuram, ano após ano, respeitar a sua origem religiosa sem deixar de trazer para primeiro plano o valor cultural de um evento que agrega a comunidade e acolhe milhares de forasteiros.

A pouco e pouco fazem levantamentos históricos, publicam textos, dão-nos a conhecer os protagonistas, os conteúdos, os usos e costumes de uma romaria que se organiza pelo menos desde 1718 para louvar a padroeira de uma antiga capela que em 1609 era já a quarta mais antiga da arquidiocese de Braga.

O plano inclui mesmo a candidatura a Património Imaterial da Humanidade.

Em setembro não conseguirei deixar de ver tudo com a naturalidade de quem tudo vê desde criança.

Mas percebo a diferença e partilho o orgulho.

Ao Quico, ao Adriano, ao Tiago e a tantos outros que já não conheço, o meu sincero muito obrigada!

* ANALISTA FINANCEIRA

ver mais vídeos