Imagens

Últimas

David Pontes

A descrispação

Não sei onde é o balcão, mas estou com vontade de o procurar para ver se consigo devolver o que me tinham prometido, mas não está a funcionar. Deixamos para trás aqueles tempos esquálidos em que de cada vez que abríamos o jornal ou víamos a televisão era para descobrir um corte ou um aperto, que nos deixava de mal com o Mundo e connosco. Virada a página, estaríamos agora na República dos Afetos, num cenário de descrispação política que ajudaria a sociedade a viver mais normal.