O Jogo ao Vivo

Opinião

Uma oportunidade e um desafio

Uma oportunidade e um desafio

Pese o enorme crescimento verificado ao longo das últimas décadas, Portugal continua a apresentar indicadores modestos na relação do número de jovens que acedem e frequentam o Ensino Superior. De facto, continuamos com valores inferiores a 50% no que concerne à população na faixa etária dos 18 anos que acede ao Ensino Superior, o que faz com que no intervalo dos 20 aos 24 anos o país tenha uma taxa de frequência de 37%, valor percentual seis pontos inferior à média da União Europeia.

Quando olhamos para a distribuição de estudantes nas várias modalidades do Ensino Secundário, verificamos que são já mais de 100 000 aqueles que se encontram a frequentar o ensino profissional e vocacional. É sobre esta massa humana jovem que temos que trabalhar de forma contínua e eficaz, porque não podemos de forma alguma desperdiçar o seu potencial em talento e capacidade, em muitos casos submerso por camadas sucessivas de desencontros com modelos e vivências específicas do percurso escolar.

Tem por isso razão o ministro da Ciência e Ensino Superior quando coloca em cima da mesa o tema e desafia as instituições do Ensino Superior, universidades incluídas, a integrar muitos dos que se encontram nesta via de ensino no seu leque de ofertas formativas. Porque se é verdade que uma parte importante dos diplomados da via profissional desejam, podem e devem ter uma integração mais direta no mercado de trabalho, também sabemos que em muitos casos temos um potencial humano a desenvolver, que pode ser da maior utilidade nas carências existentes em recursos humanos com qualificações superiores em vários setores da atividade produtiva. Se temos anualmente cerca de 23 000 a 25 000 jovens diplomados pela via profissional, concentrados em áreas que correspondem a necessidades da sociedade portuguesa, tais como recursos digitais, audiovisual e design, tecnologias e engenharia, saúde, hotelaria, restauração e serviços, então temos a obrigação de tornar a oferta das instituições atrativa para muitos destes alunos.

É um excelente desafio!

* PROFESSOR CATEDRÁTICO, VICE-REITOR DA UTAD