O Jogo ao Vivo

Opinião

#complicadinhos

Há gente muito complicada. Na fila da peixaria há sempre alguém que quer uma dourada não muito grande nem muito pequena, escalada, sem cabeça, com cabeça, com meia cabeça, com dois quartos de guelras. Há sempre alguém que quer "p"raí" um quilo de sardinhas, mas pode ser 900 gramas, não, espere, um quilo e meio, ui, afinal é muito, pode ser um quilo e cento e vinte e três gramas. Na fila do talho há sempre alguém que quer um bife barato mas bom, que dê para grelhar, para fritar, estufar ou para fazer um centro de mesa. Há sempre alguém que quer um frango parcialmente desossado mas com miúdos, menos o fígado que é muito seco, dois terços das patas, um frango do campo, da cidade ou do espaço. No café há sempre alguém que quer um café em chávena fria ou escaldada, curto, muito curto, longo, muito longo, três quartos, dois quartos, um quarto e uma suite. Há sempre alguém que quer uma torrada sem manteiga, com pouca manteiga, com alguma manteiga, com muita manteiga, aparada, pouco tostada. Há gente muito complicada. Depois admiram-se que um ministro contrate um assessor mais ou menos bem pago (invejosos!) para ajudar a descomplicar. Que complicadinhos.

*Jornalista

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG