Opinião

Francisco, não me baralhes

Francisco, não me baralhes

Espera aí? O Papa dos católicos, representante de Cristo na Terra, abençoa um ex-presidente brasileiro preso, e pede-lhe para rezar por ele? Francisco, não me baralhes!

"A Luiz Inácio Lula da Silva com a minha bênção, pedindo-lhe para orar por mim", foi a mensagem que o Papa Francisco assinou como dedicatória, num livro que mandou entregar ao ex-presidente brasileiro.

O líder de uma das maiores religiões do Mundo faz saber que tem uma relação com um homem condenado. Assim, de uma forma surpreendente, Lula da Silva tem o Papa Francisco a falar dele. E não é um truque de marketing, nem uma notícia falsa. Apenas uma excelente estratégia de comunicação.

Mas não é só o Papa, que é "porta-voz" de Lula. Na semana passada, muitos artistas brasileiros organizaram um festival em apoio ao ex-presidente sindicalista. Com a participação de músicos famosos como Gilberto Gil, Chico César, Beth Carvalho, Chico Buarque, o cineasta Marcelo Laffite e o diretor de teatro Luiz Fernando Lobo. #lulalivre (o nome do festival) teve a presença de mais de 80 mil pessoas. Todos "abençoando" Lula.

Preso em Curitiba e impedido de falar com jornalistas, tudo o que o Mundo sabe sobre o ex-presidente é mediado por uma terceira pessoa. Como Lula está sem "voz", escolhe porta-vozes. Muitos. E muito melhores que ele a defender a sua causa.

Um antigo humorista francês, Cavana, dizia que para se ser Deus não basta ser-se Deus. É preciso ser-se dois. Um que seja Deus e outro que diga: Meu Deus. E tinha razão. Porque nenhum Deus fica sozinho a pregar no deserto.

Quando foi preso e declarou que já não era um ser humano, mas apenas uma "ideia", Lula abandonava esse deserto e anunciava a sua liberdade.

Aqueles que acreditam que pô-lo na prisão era calá-lo estavam totalmente enganados. Lula é um lutador profissional. Os anos em que foi presidente são apenas uma pequena parte - e a exceção - do seu trajeto pessoal e político. Lula está mais à vontade atrás das grades em Curitiba, do que alguma vez esteve no palácio do Planalto.

É por isto que a ideia de Lula preso é mais poderosa que a de Lula livre. Porque nenhum herói popular lhe resiste. Nem o Papa.

* ESPECIALISTA EM MEDIA INTELLIGENCE

ver mais vídeos