Opinião

Morreu na contramão atrapalhando o sábado

Morreu na contramão atrapalhando o sábado

O miúdo estava desesperado. Durante anos construiu uma reputação de especialista global num dos mais conhecidos jogos de guerra online, o Counter-Strike, Global Offensive, mas agora, por má conduta fora banido.

Trevor Heitmann, tinha 18 anos e morreu ontem. Suicidou-se no seu carro desportivo, um McLaren Sport, guiando em contramão numa auto estrada perto da cidade americana de San Diego.

O miúdo era filho de uma família normal, mas abandonou o liceu para se dedicar a ser youtuber. Construiu uma pequena fortuna como influenciador digital e, negociando "skins", o nome dado aos desenhos especiais que decoram as armas utilizadas no jogo, ficou rico. O miúdo era um caso de sucesso. O seu canal de Youtube, com quase um milhão de subscritores, representava reconhecimento, mas sobretudo muito dinheiro.

A autoestrada Interstate 805 foi o palco de uma tragédia anunciada. Amigos da família diziam que, desde que fora banido, o miúdo perdera o tino. Balbuciava coisas sem sentido e nunca mais fora visto. Aos 18 anos era rico, mas estava só. Longe dos amigos que seguiram para a universidade enquanto ele enriquecia na solidão da internet.

Foi a alta velocidade que "OG-McSkillet" a persona digital que Heitmann criara na rede, desaparecia do mundo dos vivos. Mas não partiu só. O youtuber e o seu criador, médico e monstro, adolescente e criminoso, atiraram o seu desânimo adolescente contra duas vidas inocentes. Para Aileen Pizarro e a sua filha de 12 anos Aryana, o desespero de Heitmann também foi Game Over.

O miúdo destruía, com um carro de 500 mil dólares e a mais de 160 km/h, a vida de outra família a quem a "sorte" não tinha trazido a fortuna fácil que nos tempos de hoje, sem sair de casa, se pode conseguir na internet.

De uma assentada "OG-McSkillet" gastou todas as vidas. As suas e as dos outros. Vítima de uma desilusão precoce e incompreensível num jovem para quem a vida ainda mal começara.

Foi quase há 40 anos que Chico Buarque lhe adivinhou o destino. "E flutuou no ar como se fosse um príncipe, bebeu e soluçou como se fosse máquina e se acabou no chão feito um pacote bêbado".

O miúdo partia, mártir e assassino, metáfora trágica dos dias de hoje, como se cumprisse uma profecia antiga. - Morreu na contramão atrapalhando o sábado.

*ESPECIALISTA EM MEDIA INTELLIGENCE

ver mais vídeos