Opinião

Vão tomar banho!

O que irrita mais é a ignorância. A forma como alguns portugueses desatam a falar como especialistas em temas brasileiros só porque os bisavós deles lá viveram, ou porque lá se fala português, é completamente patética.

Mesmo que lá tenham dado umas conferências ou participado em feiras literárias, o conhecimento que têm sobre o que é a realidade quotidiana do Brasil é muito próximo do zero. Na verdade, bem abaixo de zero, porque, como todo o mundo sabe, ainda pior que a ignorância é essa vaga ilusão de conhecimento.

Mas esta ignorância não depende apenas da combinação de distâncias transoceânicas com fotos antigas de avozinhos no Leblon, ela alimenta-se de um "mal" maior. Da arrogância moral com que a Europa olha para o mundo "novo".

Por isso, os portugueses desconfiam de Bolsonaro. Porque, lá no fundo, pensam que a antiguidade é um posto que é só deles, e lhes permite dizer "porque no te callas", sempre que alguém do outro lado do mar faz coisas diferentes.

Outro problema são as vistas curtas. Porque quem quer compreender o mundo sentado na Praça do Império, em Lisboa, só vai conseguir dormir descansado se acreditar mesmo que o centro do mundo é lá. E não é.

É por isto que muitos meios de comunicação social portugueses tratam Bolsonaro, não como o presidente eleito do Brasil (respeito), mas como se fosse uma aberração eleitoral de Loures.

Apenas o presidente Marcelo, menos ignorante, mais rico e com mais mundo que os seus antigos colegas jornalistas, percebe - até porque parte da sua família vive lá - que é impossível entender o Brasil só a ler o "Notícias", sentado no Majestic.

PUB

No Brasil, as palavras não querem dizer o mesmo, os códigos de conduta não são os mesmos e a conceção de Estado é diferente. Haver um político a dizer que vai contratar "snipers" para acabar com os bandidos no Rio de Janeiro faz sentido para quem vive no Rio, e isso é o que interessa no Rio.

É como se alguém, no meio de uma conversa, lhe disser: "Vai tomar banho!"

Você sabe o que é? Pois!

*Especialista em Media Intelligence

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG