Imagens

Últimas

Lídia Pereira

Parar de abanar a cauda para deixar a cauda da Europa

Esta semana não me podia furtar a escrever sobre as eleições legislativas do passado domingo. Resultado duro para uns e de celebração para outros, a verdade é que nas semanas que antecederam o ato eleitoral ninguém - à exceção talvez de António Costa, que tanto desejou estas eleições - cogitava uma maioria absoluta do Partido Socialista. Mas aconteceu, e agora serão quatro anos de estabilidade política para governar.