Opinião

#SG

Partilho com muitos portugueses a devoção pelo Sérgio Godinho, cujo trabalho acompanha a minha vida desde ainda antes do berço. Quando percebi que a Capicua estava a coordenar uma homenagem, com o título SG Gigante, fiquei curioso mas com medo de ser desiludido. Pegar em temas como "Brilhozinho dos Olhos", a "A Noite Passada" ou "O Primeiro Dia" é mexer com material sagrado e é preciso "ter unhas". Agora que o SG Gigante está aí, respiro de alívio. Uma justa e bonita homenagem da dita "música urbana" a um cantautor que sempre soube manter-se a par do que se estava a fazer a cada momento, juntando-se aos melhores músicos de várias gerações, como os Clã ou a própria Capicua. Por isso, resta-me apenas agradecer esta celebração dos 50 anos de "Os Sobreviventes" e criticar o facto de serem apenas seis músicas. Quero mais.

*Jornalista

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG