O Jogo ao Vivo

Opinião

"Uma enorme falta de ética"

"Uma enorme falta de ética"

O "Notícias do Ribatejo" (onde, em hora feliz, cheguei através do blogue http://jugular.blogs. sapo.pt) dá conta do escândalo que está a indignar o povo social-democrata de Alpiarça: o chefe de gabinete (do CDS/PP) do secretário de Estado da Administração Interna contratou como motorista... um militante do PS.

Para um membro da Distrital de Santarém do PSD, o sucedido é de "uma enorme falta de ética, em termos partidários e em termos de princípios" e, além de "não deve[r] estar em conformidade com o acordo feito entre PSD e CDS/PP", com certeza que "não será de agrado do primeiro-ministro".

E, revoltado, o mesmo dirigente explica (nem seria preciso explicar, tão óbvia é a coisa): "É inadmissível e não faz sentido algum um militante socialista, para além de fazer parte da Concelhia do PS, ser motorista privado de um chefe de gabinete do CDS/PP".

O escândalo ameaça as "boas relações entre os dois partidos que poderão ficar 'azedas' para futuros acordos". Por isso, os sociais-democratas vão levar o caso a Miguel Relvas, ministro dos Assuntos Parlamentares, "para uma conclusão definitiva".

Mas tudo pode ter sido apenas um lamentável equívoco que Miguel Relvas rapidamente esclarecerá. É que o motorista chama-se Telmo Correia e talvez o pobre chefe de gabinete só tenha, com a melhor das intenções, querido levá-lo para o Governo: "Já que ninguém o convidou para ministro, fica como meu motorista".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG