Opinião

A revolução de outubro

A revolução de outubro

Este título daria para escrever sobre milhares de temas. Menos sobre as autárquicas, que podem ter sido uma evolução, mas acabaram por não chegar a ser uma revolução.

Apesar de Lisboa, o que mudou foi poucochinho. Acrescente-se que na verdade foram em setembro.

Também poderia evocar os offshores, outra vez na berlinda à boleia de mais uma denúncia pública internacional. Onde o que continua por esclarecer é a confusão entre a sua existência legal, sufragada por muitos países incluindo o nosso e os aproveitamentos ilícitos que muitos fazem delas. Em todo o globo, incluindo muitos locatários do nosso jardim à beira-mar plantado.

Outra revolução de que me poderia ocupar neste texto seria a triste figura que o CDS e os seus deputados andaram a fazer por causa da renúncia da deputada Ana Rita Bessa. Apesar da tenra idade do "Chicão", Bugalho e companhia, já deviam saber que foi preciso uma revolução para restituir ao povo português a liberdade de escolher os deputados. Estar na Assembleia da República devia ser uma honra e nunca um estado de humor ou de espírito.

Seria igualmente com o maior gosto que poderia aqui também a assinalar o regresso da lotação total dos espectadores ao futebol, mesmo a tempo da Luz poder reeditar o seu "inferno". Mas no nosso JN os assuntos do esférico rolando sobre relva têm outros tratadores e muito bem.

Escolhi por isso falar na autêntica revolução pós-pandemia que vai ser a partir de amanhã o regresso ao Edifício da Alfândega do Porto do único salão profissional da fileira têxtil e moda em Portugal. O Modtissimo de sempre, presencial e caloroso na edição 58! Com o enorme desafio de voltar a voar ao encontro dos bons negócios, o lema proposto ao setor é Let"s Fly Again!

Esta revolução em relação à última edição exclusivamente digital ecoa como um grito a dizer que vida continua, mas não é só ela. A macrotendência da sustentabilidade continua também em grande força, mostrando que veio para ficar. Logo à entrada a maior apresentação de sempre do Green Circle numa parceria dinamizada pelo CITEVE e o principal fórum de inovação da indústria têxtil portuguesa, o iTechStyle, são responsáveis por apresentar os projetos mais inovadores das empresas nacionais.

PUB

*Empresário

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG