O Jogo ao Vivo

Opinião

Gás, rubis, praias e crianças decapitadas

Gás, rubis, praias e crianças decapitadas

Este é o cenário real na província natal de Filipe Nyusi, presidente moçambicano.

Cabo Delgado é uma terra riquíssima, abençoada em recursos naturais, fértil em termos agrícolas, paisagens paradisíacas mas em que o povo sofre a maior das maldições.

Debaixo da indiferença da comunidade internacional e da inércia do Governo moçambicano, escalou o terror. Crianças são diariamente assassinadas, mulheres violadas, homens decapitados e jovens recrutados à força para engrossar este exército do Mal que todos os dias se estende, atingindo mais e mais inocentes.

No nosso confortável sofá europeu, chocamo-nos e procuramos razões para o irrazoável. Ouvimos o alerta do Papa Francisco e incomodamo-nos. Mas nada mais fizemos. Nada.

Preocupamo-nos em atribuir uma cara e uma causa para esta chacina. O Estado Islâmico, traficantes ou questões partidárias internas? Cruzadas religiosas ou pura ganância? A verdade é que não há razão, não há lógica neste Mal. Mas existem caras, as dos milhares de inocentes que hoje sofrem.

Dizemo-nos que não temos culpa neste conflito e que Moçambique é um Estado soberano, que não pediu ajuda internacional. Tudo verdade, mas a verdade mais conveniente. Podemos fazer mais, todos. Podemos ajudar.

A Presidência portuguesa do Conselho Europeu tem de dar voz a Moçambique. Tem de dar voz à mãe que viu o seu filho de 11 anos ser decapitado. Tem de dar voz aos 600 mil desalojados, que abandonaram as suas casas, em fuga do inferno que ocupou as suas aldeias. Tem de dar voz, a uma Pemba sobrelotada e cujas condições de salubridade e de recursos alimentares são já demasiado parcas.

PUB

Os massacres de Cabo Delgado têm de sair da indiferença. Têm de abrir telejornais, têm de ocupar capas de jornais, têm de estar nos programas da manhã.

Teremos de cantar Moçambique como cantámos Timor, e conseguir, como então, mover o mundo em defesa daquele povo. Em defesa da nossa humanidade.

Engenheiro e autarca do PSD

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG