Opinião

As elites e o futuro do Norte

As elites e o futuro do Norte

Os autarcas vão escolher os novos presidentes das comissões de coordenação e desenvolvimento regional. Este poderá ser o momento para o Norte se libertar dos aparelhos partidários e eleger um homem sério, capaz e independente. Sim, esse mesmo, o atual presidente da CCRD-N, Fernando Freire de Sousa.

Está longe de se tratar de uma medida no sentido da desejada e constitucionalmente preconizada regionalização. É algo que não descentraliza o modelo de Estado macrocéfalo que continua a ser, na minha opinião, a principal razão para o nosso atraso. Mas é um avanço. Curto, mas na direção certa, uma vez que se substitui uma nomeação governamental por uma votação em colégio eleitoral formado apenas por autarcas.

A data escolhida para o arranque do novo sistema - em resultado do acordo entre PS e PSD -, a um ano das eleições autárquicas, não é a mais feliz. Levará a uma excessiva partidarização do processo de eleição dos novos presidentes das comissões, com o descrédito que isso normalmente provoca junto dos cidadãos.

Mas, logo após as férias, este será o primeiro grande momento político no país e em cada uma das cinco regiões administrativas que vão a votos. Interessa-me especialmente, e acredito que à maioria dos leitores, a região Norte. E, aqui, devemos ter a lucidez e a inteligência de não transformar a CCDR-N numa "prateleira" para autarcas em fim de ciclo ou numa "reforma" para políticos sem ambição.

A liderança do Norte - e a gestão dos milhões dos fundos comunitários - não é um prémio ou uma recompensa. O futuro da região mais dinâmica do país tem que ser uma motivação e um desafio. A Comissão de Coordenação tem tido um líder altamente qualificado, competente, de mérito reconhecido. Penso que, acima dos partidos, está na altura de as elites do Norte - a nível autárquico, mas também no campo político, empresarial, académico e social - convergirem em torno da solução que está à vista de todos: a eleição de Fernando Freire de Sousa. Uma garantia de confiança, de seriedade e de progresso.

*Empresário e pres. Ass. Comercial do Porto

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG