Imagens

Últimas

Paula Ferreira

Viver com o mar aos pés

Centenas de casas e dezenas de equipamentos ao longo da costa, entre Caminha e Espinho, têm o destino traçado. Para concretizar a medida, serão gastos milhões de euros nas demolições. O argumento é o evidente avanço do mar e a salvaguarda das populações. A iniciativa poderá ser polémica. Quanto ao avanço do mar, é um fenómeno notório: só não vê quem não quer. Basta uma caminhada ao longo da costa para se verificar os efeitos que, ano após ano, o oceano provoca.

Paula Ferreira

O Holocausto existiu

"Aqueles que não recordam o passado estão condenados a repeti-lo". A frase do filósofo espanhol George Santayana acolhe os visitantes à entrada de um dos pavilhões do antigo Campo de Concentração de Auschwitz, na Polónia. Auschwitz tem o mérito de preservar a História, cumpre a função primordial de nos obrigar a assumir o compromisso de não esquecer a brutal ignomínia de que o homem foi capaz. Não esqueçamos, pois só assim impediremos novas derivas hediondas.

Paula Ferreira

Os voos sem plano B

O Governo assinou um protocolo de entendimento com a ANA, a empresa concessionária dos aeroportos nacionais, para a expansão do aeroporto de Lisboa. O acordo firmado pelo primeiro-ministro, António Costa, e pelos mais altos responsáveis da empresa aeroportuária, detida pelos franceses da Vinci, não deixa margem a dúvidas: a decisão está tomada. E sem recuo, mesmo sendo ainda desconhecidos os impactos ambientais que o alargamento da Base Aérea do Montijo provocará numa área sensível, junto à Reserva Natural do Estuário do Tejo.

Paula Ferreira

As escolhas do Estado

Podem os portugueses confiar no Estado como garante de segurança? Como entidade zeladora dos interesses e bem-estar dos seus cidadãos? A demissão de um diretor da CP deve fazer-nos pensar sobre o assunto: revela bem o ponto a que chegaram os nossos serviços públicos. Pontes Correia terá sido exonerado por manifestar discordância em relação à decisão da administração de prolongar a atividade do material circulante antes de seguir para a manutenção. O diretor da CP terá alertado para o risco que tal medida poderia representar na segurança dos passageiros. Foi afastado.