Opinião

Nova escola para todos

Nova escola para todos

Uma escola em que todos adquirem o saber necessário que permite progredir. É essa a proposta do Governo

Pelo menos, assim o Executivo de António Costa apresenta o programa que prevê acabar com as retenções até ao 9.o ano de escolaridade. Recuso ver nesta medida o caminho do facilitismo que muitos vislumbram. A reprovação de uma criança não traz qualquer benefício, nem à escola nem ao aluno. Mas para quem conhece as escolas do nosso país, esta medida parece mera utopia.

Tiago Brandão Rodrigues anuncia, com candura: o objetivo é "trazer esses alunos para dentro da escola para que nenhum possa ficar para trás". Algo nunca conseguido, mesmo com a ameaça de repetir o ano. O ministro da Educação tem a obrigação de conhecer as escolas deste país. Com toda a certeza, ele sabe: vai o mês de novembro a meio e ainda há centenas de alunos sem professores. E há crianças com professores atribuídos sem aulas consecutivamente, por uma razão simples: os docentes faltam e não são substituídos, como acontecia na altura em que a ministra da Educação Maria de Lurdes Rodrigues instituiu as aulas de substituição, tão contestadas pelos docentes.

Uma escola sem chumbos deve ser o objetivo de qualquer sistema de ensino. Há, no entanto, ainda um longo caminho a percorrer. Quem tem filhos com aprendizagens diferentes sabe bem como os professores agarram os bons alunos e largam os outros. Esta constatação nem sequer é uma crítica. Há objetivos a cumprir, as turmas são demasiado grandes e, não menos importante, muitos jovens estão-se a borrifar para a escola. É este grupo que Tiago Brandão Rodrigues pretende manter à superfície. Mas para isso, como é evidente, terá de mudar muita coisa, de contrário a medida fracassará. Trata-se mesmo de criar uma nova escola e para isso é preciso empenho, mais verbas, mais gente. Empenho dos professores, até aqui tão desvalorizados, dos funcionários quase inexistentes, e dos jovens. Estes, os alunos, terão de perceber para que serve, afinal, a escola.

*Editora-executiva-adjunta