O Jogo ao Vivo

Bancada JN

Confiança

Não me recordo de um início de campeonato tão mau. Apesar de estarmos a cinco pontos do Benfica e a seis da surpresa do campeonato (há sempre uma) não é esse atraso o mais preocupante: o pior é olhar para a equipa e não se perceber um fio de jogo coerente, uma ideia.

A sensação que passa é que há um sistema de jogo que está esgotado e que o novo ainda não nasceu, que há jogadores que ainda estão a dançar uma música quando já devia estar a tocar outra e que os novos jogadores ainda não ouvem música nenhuma.

Nada a ver com atitude. Apesar dos oito pontos perdidos não vi ninguém a negar esforço ou a mostrar displicência, apenas vi jogadores a jogar mal individual e coletivamente.

Por muito que os habituais agentes anti-F. C. Porto tentem vender que o nosso plantel é pior do que o dos anos passados recentes para desmerecer equipa e jogadores, isso não é verdade. O facto é que temos mais e melhores soluções em quase todas as posições do campo.

Como também não colhe a crítica de que o mister Conceição teria dificuldades em mudar o estilo de jogo por ter agora jogadores de qualidade com características diferentes e que alguns, em que o modelo antigo se baseava, estão fora de forma ou com dificuldades em se adaptarem a um outro futebol.

Esta última critica é particularmente injusta. Sérgio Conceição já mostrou que é um treinador de enorme qualidade. Não foi por acaso que fez o trabalho que fez nos últimos três anos e com um plantel pior do que este.

Como qualquer portista estou preocupado, mas certo de que estes maus resultados e piores exibições não serão mais do que um mau começo que não impedirá um excelente fim. Confio absolutamente no mister Conceição.

PUB

A subir

Os velhos do Restelo do nosso futebol adoram dizer mal das nossas equipas e berrar contra a sua suposta falta de qualidade. A realidade não lhes interessa, mas aconselho-os a ver o Boavista, o Braga, o Rio Ave, o Paços de Ferreira, o Famalicão ou o Santa Clara.

A descer

O mesmo Rui Santos que branqueou dezenas de arbitragens abençoadas por padres e demais membros de um rubro clero, rasgou as vestes por causa de um erro de arbitragem no Paços de Ferreira/F. C. Porto. Mais uma ótima contribuição deste senhor para a melhoria do ambiente do futebol português.

* Adepto do F. C. Porto

Outras Notícias