O Jogo ao Vivo

BENFICA NO CORAÇÃO

Betão e vendas ou a terceira Liga dos Campeões?

Betão e vendas ou a terceira Liga dos Campeões?

No passado dia 2, comemoraram-se 58 anos desde que nos sagramos bicampeões europeus! Depois de termos surpreendido o Mundo, em Berna, a 31 de maio de 1961, voltamos a conquistar a Europa, a 2 de maio de 1962, em Amesterdão! 58 anos depois, António Simões, veio dizer o que não me farto de repetir!

"Assim não voltamos a ganhar"!

E somos já tantos os que achamos que isto não chega... que assim não vamos lá.

Com esta política desportiva, com as opções que a liderança do Benfica tem tomado nestes últimos anos - ainda para mais com a agravante da crise que estamos a atravessar - só nos afastaremos da Europa!

Bem podem os administradores desdobrarem-se em declarações no sentido contrário.

Porque a opção é muito simples: ou negócios e comissões ou a Europa para sermos campeões!

Eles - os que lá estão - já fizeram a sua opção!

Agora, daqui a uns meses, é aos sócios que compete dizer se querem continuar com o Benfica dos negócios, do betão, das vendas, ou das vitórias, incluindo na Europa!

Eu já escolhi!

A subir

Fejsa, um dos nossos. Numa entrevista publicada na passada segunda-feira, entre outras coisas (incluindo, até, como se relacionou com cada um dos três treinadores que teve no Benfica), Fejsa fala de alguns episódios da sua (já quase longa) passagem pela Luz.

Mas o que mais me chamou à atenção foi a sua revolta com a perca do penta! Como alguém me escrevia, "um sérvio a dar uma grande lição de benfiquismo àquele bando de malabaristas"! Quem diria!

A descer

A vandalização dos murais em frente ao Estádio da Luz e das Casas do Benfica. Não pela perenidade da atitude que demorou - apenas - o tempo de a mística do Benfica e dos "rapazes sem nome" reporem, pintados, muitos daqueles a quem devemos a grandeza do nosso Clube!

Mas pelo ódio, pela inveja, pelo sentimento de inferioridade que demonstra sobre quem, nestes tempos de tantas outras preocupações, se deu ao trabalho de o ter feito.

Merecem - os autores desse feito - o clube que têm. Eles e os que, não tendo coragem de sair do sofá, se riem destas alarvidades.

Destas como das vandalizações de Casas do Benfica, como ainda ontem aconteceu com a da Charneca da Caparica!

O Benfica é - de facto - maior, muito maior que Portugal!

*Adepto do Benfica