Opinião

O que é a democracia?

O que é a democracia?

Sempre que há eleições a pergunta cassete a dirigentes do PCP é sagrada: "É a Coreia do Norte uma democracia?". Da última vez, Jerónimo de Sousa respondeu: "O que é a democracia? Primeiro tínhamos de discutir o que é a democracia".

É desta frase que me lembro quando assisto, mais uma vez, à subversão das regras democráticas. A representação da Comissão Europeia em Portugal organiza um curso de verão destinado a jovens com vários oradores, que incluem eleitos do PS, PSD, BE, CDS e PAN. Vergonhosamente, este organismo, que funciona com dinheiros públicos, não incluiu nos oradores deputados da CDU!...

As televisões organizaram-se para planear os debates com os líderes das forças políticas concorrentes às eleições legislativas. E chegaram a este acordo: os debates entre Costa e Rio serão transmitidos simultaneamente nos três canais generalistas (RTP, SIC e TVI), prevendo-se uma audiência de 3,3 milhões de telespectadores. Qualquer debate de Costa ou Rio com outros líderes partidários será transmitido num canal generalista (800 mil telespectadores). Qualquer debate entre líderes que não Costa ou Rio será transmitido num canal de informação (RTP3, SIC Notícias ou TVI Informação) - 100 mil telespectadores.

Ou seja, as televisões (incluindo a pública paga por todos nós!) desvirtuam a igualdade de oportunidades que deveria ser dada a todas as candidaturas, beneficiando PS e PSD!

Não tenho dúvidas que a Coreia do Norte não é uma democracia. Mas estes exemplos mostram como, com o beneplácito do presidente dos afetos, se desvirtua a democracia portuguesa. Tem por isso razão Jerónimo quando pergunta "O que é a democracia?". E louvo-lhe a coerência e a coragem de recusar participar em debates que não sejam em canais generalistas!

*Engenheiro

Outras Notícias