Imagens

Últimas

Victor Espadinha

Os bonecos da bola

Vi, este último fim de semana, na Imprensa, uma fotografia de um abracinho entre Jesus e Luís Filipe Vieira, e o título (cito de memória): "L.F.V. promete ao treinador os craques que ele quiser!"! Salta-me a cabeça! Esta foto faz-me lembrar os meus tempos de puto, 7/8 anos, quando eu abraçava o meu tio Quim, para lhe sacar cinco tostões para os bonecos da bola! Naquele tempo, eu sacar-lhe cinco tostões era, para mim, a maior aventura do mundo, porque eramos pobres. Havia sempre o "mais difícil", o cromo quase impossível de se conseguir. Lembro-me de, em determinada altura, ser o Azevedo, o keeper da lagartada! Se esses cromos ainda existissem nos dias de hoje, o "mais difícil", seria o Cavani!

Victor Espadinha

Quem foi a vedeta? O Benfica, o F. C. Porto ou o árbitro?

No passado sábado vi, seguidas, sem mudar de canal, duas finais de taça. O Arsenal venceu o Chelsea, e o F. C. Porto venceu o Benfica. Na primeira não dei pelo árbitro! Deve ter ido passear! Na final portuguesa só faltou ao homem do apito, saltos altos e plumas para ser a grande "vedeta" de um espectáculo da antiga revista! O que esperava eu ver, que não sou adepto nem de um nem de outro? Um jogo de futebol! Acabei por ver um filme de terror, daqueles de péssima qualidade que há muitos anos o cinema Olympia , nos Restauradores, exibia em sessões contínuas, e onde reservávamos o lugar com o nosso lenço de assoar! Este Artur Soares dias, entre todos os medíocres da arbitragem portuguesa, o menos mau, esteve fora de si! Mostrou ser um autêntico génio da descontinuidade! Cartões amarelos e vermelhos a todos os "figurantes" deste espectáculo deplorável! Parecia uma naja cuspideira que só lhe faltou expelir pela boca a neurotoxina! Só lhe faltou mostrar um cartão vermelho a Pinto da Costa por estar sentado na bancada, e outro a Luís Filipe Vieira por estar a olhar para o telemóvel durante todo o jogo! Os jogadores são algumas bailarinas do Bolshoi? Não se podem encostar uns aos outros? Não podem cair? E quando "encenam" as quedas, é preciso apitar? Num jogo de futebol de 90 minutos, não podemos ver, pelo menos, 85 de jogo jogado? E quando é que os jogadores em campo, e os que estão sentados no banco, incluindo treinadores e directores, param de refilar e protestar como se estivessem em acção no Movimento Black Lives Matter? Vamos continuar muito mais tempo com este futebol? Com esta gente? E com estes árbitros?

Victor Espadinha

"Parecem bandos de pardais à solta, os putos..."

Apetece-me fazer uma adaptação do poema de Ary dos Santos: "Parecem bandos de leões à solta". À solta, à solta, mas não é para serem vendidos ao preço da uva mijona, os putos maravilha do Sporting! O Jovane tem uma cláusula de rescisão de 60 milhões? Então só sai por 60! E os outros? 45? Então só saem por 45! O Sporting não é nenhum supermercado com descontos no cartão! Varandas, faça como aquele senhor comerciante do outro lado da Segunda Circular. João Félix valia 120, foi vendido por 120! Um jogador muito inferior a Jovane! Agora que vocês até já são "amigos", siga-lhe o exemplo!

Victor Espadinha

Jovane já dá para os "alfinetes"

No final desta época aposto que o Jovane vai ser vendido, e o Sporting vai ficar com algum dinheirito para os "alfinetes", como dizia a minha avó quando me dava dois tostões para os bonecos da bola! Jogador deste calibre, ficar algum tempinho no Sporting para descansarmos a vista? Histórias da carochinha! Este era o jogador que, lançado pelo Jorge Jesus, passou a jogar dez minutos de cada vez! Por aqui se vê os cromos que têm dirigido o meu clube! Jovane tem um poder físico fora do comum, uma enorme velocidade, controlando a bola, e um remate de pé direito equiparado a Eusébio, Ronaldo e...Bruno Fernandes! Aproveitem para vê-lo jogar agora porque, para o ano, deverá ir respirar para outras paragens, com mais daquilo com que se compram os melões! Se João Félix valeu 120 milhões, Jovane vai dar para definhar um bocadinho as angustiantes dívidas de Alvalade. Rúben Amorim está a fazer um óptimo trabalho nos leões: Mateus Nunes, Eduardo Quaresma, Nuno Mendes, putos com 21, 18 e 17 anos, respectivamente. E ainda falta a cereja no topo do bolo: Joelson Fernandes, jogador com 17 anos! Não esqueçam este nome. Vi-o jogar na Academia com um drible de encher os olhos, deixando os adversários sentados! Um extremo como há muito não via! Um novo Futre! É caso para dizer, os "infantis" do Sporting empataram em Guimarães e ganharam ao Paços Ferreira!

Victor Espadinha

"Virulentis vitae"

Existem "vírus" piores do que o que veio da China! Por exemplo: o "Venturavírus", segundo virologistas, é muito perigoso porque o único órgão do nosso corpo que ataca é o cérebro, logo, ataca a nossa inteligência! Outro, ainda mais perigoso, sem cura, sem vacina, é o "Novobancovírus": Ataca o nosso bolso e, de bolso vazio, podemos vir a sofrer várias doenças! Este ameaçador vírus, que há muito nos anda a "tratar da saúde", já "infectou" 11,2 mil milhões de euros, e poderá colocar muita gente nos "cuidados intensivos"!

Victor Espadinha

Factos e fatos

Reuniram-se os presidentes dos três grandes, o presidente da Federação e o da Liga. Os outros clubes não puderam meter o "nariz onde não eram chamados"! Lindo! Democracia pura! Pinto da Costa, Luís Filipe Vieira e Frederico Varandas, juntos! Assunto a ser estudado pelo Guinness Book of Records! A reunião foi tão importante que o único facto a sobressair foi o fato de Varandas: era o mais bem vestidinho de todos! Não sabe falar mas veste-se bem! Acho que os clubes da Liga principal deviam seguir o exemplo da manifestação do 1. º de Maio na Fonte Luminosa! Enquanto o vírus que veio da China durar, todos os jogadores a dois metros de distância uns dos outros, incluindo os adversários! Deixariam de existir penalties, e os jogadores do Sporting jogariam um futebol sem manhas. Dizem os encarnados que, em dez milhões de portugueses, seis são benfiquistas (?!). Nem é preciso recorrer à matemática, basta um simples silogismo, para chegarmos à conclusão que a maior parte dos árbitros são do Benfica!

Victor Espadinha

Tempos difíceis

Quando eu era pequenino, a minha avó perguntava-me (como perguntam todas as avós aos netos): O que é que tu queres ser quando fores grande? E eu respondia: Bombeiro! Errado! Deveria responder: Agente de jogadores de futebol, avozinha! Nestes tempos difíceis do inferno que vivemos, o Ronaldo e o Jorge Mendes doaram milhares de euros para material hospitalar. Muito obrigado. E, já agora, porque não mandam construir um hospital psiquiátrico? Para o CR7, era mais Bugatti menos Bugatti; para o Jorge, mais João Félix menos João Félix. É que a população portuguesa, quando este pandemónio chegar ao fim (chega?), não ficará a "bater bem da bola"!