O Jogo ao Vivo

Opinião

#na_jaula

Para quem duvida que sou um defensor dos animais - de todos, das mais repugnantes baratas aos mais fofos coelhinhos -, tenho uma novidade. À hora a que escrevo, ainda não fui contemplado com a minha parte do prémio do Euromilhões.

Quando tiver a certeza que me saiu (a margem de dúvida é escassa, aí uns 0,001 %), vou encomendar um animal de estimação. A Europol desmantelou uma rede de tráfico de espécies raras em Espanha, sendo que os bichos teriam como destino as mansões de magnatas marroquinos. Pois a minha decisão está tomada.

No caso de a chave ser premiada (é praticamente certo), vou comprar um parceiro para o meu gato: um multimilionário. Mas ao contrário do que acontece com o animal que tenho lá em casa, vou enjaulá-lo. Porque esse deve ser o destino dos que se dedicam, por pura ostentação, a manter jardins zoológicos ilegais.

*Jornalista