Premium

#perigo

Que ninguém passe cartão ao George Orwell e à ideia de "Big brother" que nos oferece no romance "1984", até compreendo, mas eu tinha avisado que as máquinas são um perigo, confessando ter sido atacado por uma, que me lançou umas moedas na direção do nariz quando estava apenas, delicadamente, a comprar cigarros.

Parecem ter vontade própria, mas o que me preocupa agora é a sensação, transformada em evidência, de que alguém lhes quer dar vida. Facto: foi encontrado um microfone instalado num robô de cozinha vendido em série. Bem articulado com um software rudimentar, consegue replicar as conversas. Tenha, pois, cuidado se alguém lhe oferecer esta máquina.

O robô alcoviteiro é um perigo e, pelo que conheço do nosso país, há mais gente a fazer das tripas coração para espiar o vizinho do que para cozinhar tripas à moda do Porto.