Internet

A covid-19 não afetou o trabalho dos youtubers

A covid-19 não afetou o trabalho dos youtubers

Três profissionais do YouTube adaptaram-se à nova realidade e o resultado pode observar-se no aumento de subscritores.

Alexandre Santos é comediante e começou a fazer vídeos para o YouTube em 2009 "por mera brincadeira", pelo que não sabia que iria receber tantos comentários positivos por parte do público. Estes vídeos consistem em sketches de comédia, onde o próprio retrata situações do dia-a-dia e utiliza sempre "expressões e manias de uma pessoa do norte".

Para Alexandre, a covid-19 "não prejudicou quem vive do YouTube, pelo contrário, as pessoas foram forçadas a ficar em casa e isso levou-as à procura de novos temas e canais e, com isso, acabamos por ter mais visualizações e subscritores. Eu próprio ganhei vários subscritores diariamente", referiu. Atualmente, o canal tem 546 mil. Relativamente à promoção de marcas, o comediante disse que "surgiram várias parcerias e patrocínios ao longo do confinamento e os resultados superaram as expectativas".

A forma dos youtubers conversarem com o público nos seus vídeos também mudou "no sentido de apelar às pessoas para o cumprimento das regras básicas e para se manterem em casa e em segurança".

No futuro, Alexandre Santos espera realizar "uma série de novos projetos, tais como o lançamento do filme "Estrondo 3" e espetáculos a solo para poder percorrer Portugal de lés-a-lés e, quem sabe, outros países onde existam comunidades portuguesas".

A influencer Bárbara Corby começou a trabalhar no YouTube há seis anos, dedicando os seus vídeos à moda e lifestyle."Fui motivada pela vontade de partilhar as minhas experiências, os meus sonhos, as coisas de que gostava. O meu canal foi criado para mostrar às pessoas o que já fazia no meu círculo de amigos. Com o tempo fui percebendo que as pessoas se identificavam com o meu conteúdo e que aquele trabalho poderia vir a ser a minha profissão".

PUB

Ao contrário de Alexandre Santos, Bárbara afirma que, com a covid-19, foi obrigada a reinventar-se: "Tive que adaptar os meus conteúdos a uma nova realidade, visto que as minhas rotinas também mudaram drasticamente". No que diz respeito aos subscritores, a youtuber refere que não os ganhou nem perdeu, apenas continuou "a crescer gradualmente como sempre". Neste momento, o seu canal tem à volta de 170 mil subscritores.

A oportunidade de promover produtos e serviços também surgiu a Bárbara durante o confinamento. "Acredito que a pandemia veio alterar muitos hábitos de consumo e muitas marcas perceberam que precisavam de estar mais presentes no digital. O vírus foi um verdadeiro catalisador de iniciativas e de implementação de novos hábitos". A criadora de conteúdos sente que é uma pessoa mais do presente do que do futuro, mas espera conseguir consolidar a sua marca e poder "investir em diferentes negócios".

Depois de Alexandre Santos e Bárbara Corby surgiu Sandra Silva, uma das mais recentes youtubers portuguesas. Sandra tem 24 anos e confessa sentir "uma grande paixão pela representação", tendo feito parte do elenco da temporada 7 da série "Morangos com açúcar". "Os "Morangos" deram-me uma visibilidade que se espelhou depois no meu trabalho e no crescimento das minhas redes sociais." Lançou o seu primeiro vídeo no YouTube em 2017 e mantém-se bastante ativa naquela plataforma e no Instagram.

Para Sandra, 2020 "foi um ano de viragem a nível de trabalho". A youtuber decidiu focar-se nas redes sociais e, ao longo do confinamento, produziu mais conteúdos para se "entreter" a ela própria e às pessoas. "Fiz muitos vlogs, muitos vídeos e senti que havia muito feedback por parte do público. Ganhei cerca de 10 mil subscritores", revelou. A influencer, atualmente, conta com quase 40 mil subscritores. "Decidi incluir a pandemia nos meus conteúdos porque é algo que estamos todos a viver. Os meus pais estiveram infetados e tentei levar essa sensibilidade às pessoas". Futuramente, tem a ambição de conseguir interligar as áreas que a apaixonam: a criação de conteúdos e a representação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG