Família real

Príncipe William triste com o irmão, rainha convoca reunião

JN

William diz que ele e o irmão são entidades separadas|

 foto DR

Meghan e Harry vieram de férias do Canadá na terça-feira |

 foto DR

Meghan e Harry querem afastar-se da Família Real|

 foto DR

Imprensa britânica já apelou a decisão dos duques de Sussex de "Megxit"|

 foto DR

O príncipe William manifestou tristeza pela decisão do irmão Harry e de Meghan Markle de se afastarem da Família Real, mas que vai apoiá-los a chegar a uma solução. "Coloquei o meu braço à volta do meu irmão e não posso fazer mais: somos entidades separadas", afirmou, citado pelo jornal "The Sunday Times".

O duque de Cambridge falou pela primeira vez sobre a decisão de Harry e Meghan em se afastarem da Família Real e obter independência financeira, repartindo-se, em termos de residência entre a América do Norte e o Reino Unido. Esta vontade foi comunicada, através de um comunicado partilhado no Instagram, na quarta-feira passada, depois de Harry ter enviado um e-mail aos príncipes Carlos e William, quebrando o pedido de discrição da rainha sobre o assunto.

Segundo o jornal "The Sunday Times", William, que é o segundo na linha de sucessão da monarquia britânica, vai participar esta segunda-feira numa reunião, convocada pela rainha Isabel II, para discutir o futuro dos duques de Sussex. O encontro servirá para as partes debaterem propostas feitas após uma série de consultas entre funcionários da Casa Real e representantes dos governos do Reino Unido e do Canadá, no sentido de se apurar a forma de financiar o casal, os títulos reais e o alcance das transações comerciais que poderão fazer. Essa tarefa cabe a Carlos.

Dado que Meghan voltou ao Canadá nesta sexta-feira, a participação dela será por videoconferência.

Relacionadas