Recuperação

Ângelo Rodrigues apostado em telefilme

Ângelo Rodrigues apostado em telefilme

Ainda de muletas, mas determinado em superar as dificuldades dos últimos três meses, Ângelo Rodrigues anda à volta dos textos para mais cenas no papel de Bruno, agora para o telefilme de "Golpe de sorte" que a SIC está a preparar.

A recuperar das mazelas deixadas pela infeção que lhe afetou a perna esquerda, com tratamentos intensivos de fisioterapia, o ator já conduz e vai tentando recuperar a normalidade.

Na terça-feira, mostrou-se, no Instagram, pensativo à beira-mar, com as muletas na mão, garantindo saber "na pele como a positividade é algo poderoso. Invariavelmente, tudo é uma questão de perspetiva".

PUB

O sapo surdo

Usou uma fábula para resumir o que lhe vai na alma: "Roubado algures: um sapo decidiu subir ao topo de uma montanha. Os outros sapos gritavam: "É impossível! Não vais conseguir! Não vais conseguir!". Mesmo assim o sapo chegou ao topo. Como? O sapo era surdo. Ele pensava: "Todos me estão a encorajar! Eu tenho de chegar lá acima!". Para pensamentos negativos, sê surdo". Agradeceu ainda a motivação de quem o segue.

Otimista, o artista, de 32 anos, foca-se agora nas terapias e no trabalho, provando que está cheio de força para dar a volta por cima. Ainda nas redes sociais, exibiu os textos do projeto que a SIC estreará no próximo mês e escreveu "dia 1", deixando perceber que já pôs mãos à obra.

Ângelo deu entrada a 22 de agosto no Hospital Garcia de Orta, em Almada, na sequência de uma infeção e teve uma septicemia que o deixou em risco de vida. Nessa fase, foi operado quatro vezes e, já depois de controlada a infeção, voltou ao bloco operatório por duas vezes para se submeter a cirurgias de reconstrução da perna afetada. Teve alta a 24 de outubro e a agência que o representa garantiu que voltaria ao ativo ainda este ano o que, agora, se confirma.

Sobre o especulado documentário sobre a sua recuperação é que não há novidades e fonte da SIC adiantou ao JN que "se está a ser feito, nada é, para já, oficial".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG