Memória

As personalidades internacionais que partiram em 2020

As personalidades internacionais que partiram em 2020

Maradona, Sean Connery, Kobe Bryant, Kenzo, Ennio Morricone ou Hosni Mubarak foram algumas das personalidades internacionais que morreram em 2020.

JANEIRO

- 10: o sultão Qabus bin Said, de 79 anos, modernizador de Omã, país que reinou durante quase 50 anos.

- 26: Kobe Bryant, de 41 anos, ex-jogador de basquetebol dos Los Angeles Lakers, cinco vezes campeão da NBA, morto num acidente de helicóptero com a filha Gianna, de 13 anos.

- 31: Mary Higgins Clark, de 92 anos, rainha do suspense, autora de uma série de "best-sellers" norte-americanos. Vendeu mais de 150 milhões de exemplares de livros em todo o mundo.

FEVEREIRO

PUB

- 5: Kirk Douglas, de 103 anos, um dos últimos monstros sagrados de Hollywood, que se tornou uma lenda após atuar em "Horizontes de Glória" e "Spartacus". Pai do ator Michael Douglas.

- 25: Hosni Mubarak, de 91 anos, ex-presidente da República egípcia (1981-2011), forçado a demitir-se após a Primavera Árabe.

MARÇO

- 8: Max Von Sydow, de 90 anos, ator franco-sueco, revelado por Ingmar Bergman.

- 24: Albert Uderzo, de 92 anos, ilustrador francês, criador, juntamente com Goscinny, da banda desenhada Astérix.

- 24: Manu Dibango, de 76 anos, lenda camaronesa do afro-jazz, vítima da covid-19.

- 29: Krzysztof Penderecki, de 86 anos, compositor e maestro polaco, personalidade da vanguarda musical dos anos 1960.

ABRIL

- 16: Luis Sepúlveda, de 70 anos, escritor chileno exilado após o golpe militar de Augusto Pinochet. Morreu em Espanha, onde vivia, vítima da covid-19.

- 29: Irrfan Khan, de 53 anos, astro de Bollywood e de Hollywood graças a filmes como "Quem quer ser milionário?", "Mundo Jurássico" e "A Lancheira".

MAIO

- 9: Richard Wayne Penniman, conhecido como "Little Richard", de 87 anos, cantor americano, intérprete lendário de "Tutti Frutti" e pioneiro do rock'n'roll dos anos 1950.

- 12: Michel Piccoli, de 94 anos, ator, ídolo do cinema francês.

- 31: Christo Vladimiroff Javacheff, conhecido como Christo, de 84 anos, búlgaro-americano, autor, junto com sua esposa, Jeanne-Claude, de obras monumentais efémeras.

JUNHO

- 8: Pierre Nkurunziza, de 55 anos, ex-presidente do Burundi (2005-2020), ex-líder rebelde hutu durante a guerra civil (1993-2006).

JULHO

- 6: Ennio Morricone, de 91 anos, maestro e compositor italiano. Escreveu mais de 400 partituras para filmes, com destaque para aqueles dirigidos por Sergio Leone.

- 26: Olivia de Havilland, de 104 anos, a Mélanie de "E tudo o vento levou" (1939), decana de Hollywood, vencedora de dois Óscares.

AGOSTO

- 24: Pascal Lissouba, 88 anos, primeiro presidente eleito no Congo em eleições pluralistas. Exilado em França após ter sido deposto em 1997.

SETEMBRO

- 2: Kaing Guek Eav, conhecido como "Duch", de 77 anos, o principal carrasco do regime de Pol Pot no Camboja.

- 9: George Bizos, de 92 anos, advogado sul-africano de Nelson Mandela e militante incansável dos direitos humanos durante o apartheid.

- 10: Diana Rigg, de 82 anos, atriz britânica, a Emma Peel da série de TV "Os Vingadores" e a Olenna Tyrell da "Guerra dos Tronos".

- 18: Ruth Bader Ginsburg, de 87 anos, decana da Suprema Corte americana, ícone da esquerda progressista.

- 23: Juliette Gréco, de 93 anos, cantora e atriz francesa.

- 30: Quino, de 88 anos, caricaturista e ilustrador argentino, criador da personagem Mafalda nos anos 60.

OUTUBRO

- 4: Kenzo Takada, de 81 anos, fundador da marca Kenzo e o mais célebre dos estilistas japoneses, conhecido pelos seus estampados florais e coloridos, radicado em Paris.

- 29: Sindika Dokolo, de 48 anos, o empresário congolês e colecionador de arte, morreu enquanto fazia mergulho de apneia. Tornou-se conhecido por ser casado com Isabel dos Santos, a empresária e filha do ex-presidente angolano José Eduardo dos Santos, considerada a mulher mais rica de África.

- 31: Sean Connery, de 90 anos, ator escocês, vencedor de um Óscar, notabilizou-se ao ser o primeiro a dar vida a "James Bond" em "007".

NOVEMBRO

- 24: Mamadou Tandja, de 82 anos, ex-presidente do Níger (1999-2010), personalidade enaltecida pela sua luta contra a pobreza e a sua austeridade, apelidado de "Baba Tandja" (o Pai da Nação).

- 25: Diego Maradona, de 60 anos, jogador internacional argentino, considerado um dos maiores craques do futebol de todos os tempos. Viveu os maiores momentos da sua carreira no Nápoles e na selecção Argentina, na qual conquistou o título de campeão do mundo de 1986.


DEZEMBRO

- 1: Henri Teissier, de 91 anos, arcebisto emérito de Argel, franco-argelino, testemunha direta dos atentados da "década negra" (1992-2002), artífice do diálogo islâmico-cristão.

- 2: Valéry Giscard D'estaing, de 94 anos, ex-presidente francês (1974-1981), pai de várias reformas emblemáticas da sociedade francesa como a da liberalização do aborto.

- 6: Tabaré Vázquez, 80 anos, ex-presidente do Uruguai (2005-2010 e 2015-2020) e primeiro chefe de Estado de esquerda naquele país sul-americano.

- 7: Chuck Yeager, de 97 anos, o piloto de testes da força aérea norte-americana que foi o primeiro a romper a barreira do som em 1947.

- 11: Kim Ki-duk, de 59 anos, realizador sul-coreano, vencedor do Leão de Ouro do Festival de Cinema de Veneza em 2012 com "Pietá". Morreu na Letónia devido a complicações relacionadas com a covid-19.

- 12: John Le Carré, nascido David Cornwell, de 89 anos, autor britânico de livros de espionagem, celebrizado por "O Espião Que Saiu do Frio" e a trilogia de "Smiley". Vendeu mais de 60 milhões de exemplares no mundo.

- 18: Pierre Buyoya, 71 anos, ex-presidente do Burundi (1987-1993 e 1996-2003).

- 28: Armando Manzanero, 86 anos, cantor e compositor mexicano, ídolo do bolero, morreu devido a complicações provocadas pela covid-19.

- 29: Pierre Cardin, 98 anos, estilista francês, nascido em Itália, pioneiro do pronto-a-vestir. Criou a marca com o seu nome no início da década de 1950.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG