O Jogo ao Vivo

França

Brad Pitt processa Angelina Jolie por vender parte da propriedade onde casaram

Brad Pitt processa Angelina Jolie por vender parte da propriedade onde casaram

Brad Pitt está a processar a ex-mulher Angelina Jolie depois de a atriz ter vendido a sua participação no Chateau Miraval, propriedade francesa que compraram juntos em 2008 e onde casaram seis anos depois.

Os advogados do ator afirmam que o Chateau Miraval - uma propriedade composta por uma casa e uma vinha no sul de França - "tornou-se a paixão de Pitt" e, sob a sua administração, tornou-se uma "história de sucesso internacional multimilionária". Segundo os documentos legais, apresentados em Los Angeles na quinta-feira, Pitt ajudou a garantir a lucratividade da vinha, que era "um dos produtores de vinho rosé mais conceituados do Mundo".

De acordo com o processo, Angelina Jolie vendeu a sua parte a um fabricante de bebidas com sede no Luxemburgo, controlado pelo empresário russo Yuri Shefler. Segundo a BBC, Brad Pitt alega que ele e a ex-mulher concordaram em não vender as suas participações no local sem a permissão do outro.

PUB

"Angelina Jolie vendeu a sua participação com o conhecimento e a intenção de que Shefler e os seus afiliados tentariam controlar o negócio ao qual Pitt se dedicou e minar o investimento de Pitt na Miraval", lê-se no processo. Os advogados acrescentam ainda que a ação da atriz pretendia causar "prejuízo gratuito" a Pitt, que "investiu dinheiro e suor no negócio de vinhos".

A propriedade, na vila de Correns, terá sido comprada pelo casal por cerca de 25 milhões de euros.

Pitt e Jolie namoraram durante 10 anos antes de se casarem em 2014. Dois anos depois, a atriz pediu o divórcio. Angelina Jolie informou Pitt da venda "por escrito " em janeiro de 2021, dizendo que havia chegado a uma "decisão dolorosa, com o coração pesado", alega o processo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG