O Jogo ao Vivo

Redes Sociais

Charli e Dixie D'Amelio: irmãs ganham milhões com o TikTok

Charli e Dixie D'Amelio: irmãs ganham milhões com o TikTok

Jovens americanas foram, segundo a Forbes, as influenciadoras da geração Z que mais dinheiro ganharam em 2021.

Fruto dos confinamentos e de campanhas, o TikTok ganhou maior protagonismo dirante o ano passado, o que se traduziu em lucros consideráveis para quem domina os perfis mais seguidos. Assim aconteceu com as irmãs Charli e Dixie D"Amelio que, segundo a Forbes, foram as influenciadoras da geração Z que mais receitas somaram em 2021 - respetivamente, 17,5 e 10 milhões de dólares - com a presença na referida rede social.

Charli, a mais nova, de 17 anos, é a que mais seguidores reúne (133 milhões), atraindo um número cada vez maior de patrocinadores. Dixie, de 20 anos, investe numa carreira não só no universo digital como na música. Comparadas às Kardashian, juntas têm a própria série, "The D"Amelio Show", na plataforma de streaming Hulu, bbem como a marca Social Tourist, mas é com perfis em separados que atraiem fãs no TikTok. Têm ainda outros projetos independentes e colaborações.

Curiosamente, os pais das jovens americanas, Heidi e Marc D"Amelio, deixaram-se conquistar pelo fenómeno e granjeiam também sucesso com perfis próprios na referida aplicação.

Depois de Charli e Dixie, na lista da Forbes surge Adisson Rae, que protagonizou o filme da Netflix "Ele é demais", assinar depois contrato para mais projetos na plataforma de streaming. Tem 86 milhões de seguidores. No top 4 há apenas um homem, Josh Richards, que entrou em "Under the stadium light" (Netflix) e lançou a produtora Crosscheck Studios.

Mais Notícias