Apelo

Daniela Ruah quer voltar a Portugal

Daniela Ruah quer voltar a Portugal

Atriz assinou petição pelo alívio das restrições de viagens para casais binacionais. Portuguesa tem saudades dos pais.

Com a vida pessoal e profissional estruturada nos Estados Unidos da América, onde se instalou há 13 anos, Daniela Ruah não pôde passar parte deste verão em Portugal, como sempre fez questão. Em causa, a pandemia e as regras impostas pelo Governo americano.

"Por causa da pandemia as fronteiras internacionais fecharam, deixando famílias e relacionamentos intercontinentais no limbo, sem saber quando é que poderão abraçar-se outra vez. Mas o amor não é turismo, é uma necessidade da nossa saúde mental (aderindo às quarentenas necessárias após viajar)", escreveu a atriz luso-americana nas redes sociais.

A sofrer com a distância, Daniela juntou-se ao movimento #LoveIsNotTourism (O amor não é turismo), pedindo aos fãs para assinarem a petição que defende "o alívio das restrições de viagem para casais binacionais em Portugal".

"Tenho saudades dos meus pais e eles dos netos", acrescentou, na legenda de uma imagem em que se mostra com o marido, o duplo norte-americano David Paul Olsen, dos filhos, River Isaac, de seis anos e meio, e Sierra Esther, de quase quatro anos.

Curiosamente, poucas horas após a partilha de Daniela Ruah, os EUA retiraram Portugal da lista de países para os quais é proibido viajar devido à covid-19. No entanto, o nosso país continua a ser um destino turístico não recomendável pelo país norte-americano, segundo o "New York Times", estando agora classificado com o nível 3 de risco.

Outras Notícias