O Jogo ao Vivo

Separações

Divórcio de Bill e Melinda Gates entra na História

Divórcio de Bill e Melinda Gates entra na História

Há uma semana, Bill e Melinda Gates anunciaram o fim do casamento de 27 anos. Sem acordo pré-nupcial, o casal de filantropos assinou um contrato de separação cujas cláusulas foram entregues ao tribunal que recebeu o pedido de divórcio.

Não se sabe o que combinaram, mas "se dividissem a fortuna 50/50, este seria o maior e mais caro divórcio da história", reconheceu a editora da "Forbes", Kerry Dolan.

De acordo com a Bloomberg, o casal soma um património que ronda os 146 mil milhões de dólares (121 mil milhões de euros). Muita da fortuna vem da Microsoft, que Bill Gates fundou, mas atualmente o seu maior ativo é a Cascade Investment, empresa com ativos nas áreas do imobiliário, energia e hospitalidade.

Até que o dinheiro os separe

A rutura envolve muitos algarismos, colocando este divórcio entre os mais caros da História. Há dois anos, a publicação de fotografias de Jeff Bezos com uma apresentadora de televisão acabou com o casamento de 25 anos do fundador da Amazon com MacKenzie Scott, que se tornou a quarta mulher mais rica do Mundo após a separação. O divórcio rendeu-lhe mais de 31 mil milhões de euros.

Em 1999, o magnata dos media Rupert Murdoch foi obrigado a pagar 1,7 milhões de euros à jornalista Anna Torv, com quem esteve casado 31 anos.

PUB

Já em 2008, Madonna percebeu a importância de um acordo pré-nupcial ao ter que pagar mais de 76 milhões de euros ao realizador Guy Ritchie, após oito anos de vida em comum. Um ano depois, o rompimento de Tiger Woods e Elin Nordegren custou ao golfista mais de 90 milhões de euros.

Já em 2014, o empresário português Manuel Couto Alves protagonizou um dos divórcios mais caros do Reino Unido. A ex-mulher Tatyana Franchuk pedia 130 milhões de euros, acrescidos de pensão mensal.

Entre outros exemplos, o dono do Chelsea, Roman Abramovich, também perdeu milhões por duas vezes: em 2007, quando se divorciou da segunda mulher, Irina Malandina, teve que desembolsar cerca de 167 milhões de euros; e dez anos depois, quando rompeu com Dasha Zhukova.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG