Comunicado

Família de Avicii: "Ele não podia continuar mais"

Família de Avicii: "Ele não podia continuar mais"

A família do músico sueco Avicii, que morreu, aos 28 anos, na semana passada, deu a entender, em novo comunicado, que o DJ cometeu suicídio.

"Queria encontrar a paz. O Tim (nome próprio do artista) não foi feito para a máquina dos negócios em que se viu envolvido. Era um jovem sensível que amava os fãs mas detestava a ribalta", revela a família.

"Quando acabou as digressões, queria encontrar um equilíbrio na vida para ser feliz e capaz de fazer aquilo que mais gostava: música. Debatia-se com pensamentos sobre a vida e a felicidade. Não conseguia continuar mais", lê-se na nota da família, que garante que o artista "jamais será esquecido".

Avicii foi encontrado morto no dia 20 de abril em Omã, onde se encontrava de férias com um grupo de amigos.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG