Divórcio do ano

Família de Bill Gates não o convidou para ilha que alugou por 132 mil dólares a noite

Família de Bill Gates não o convidou para ilha que alugou por 132 mil dólares a noite

Melinda e os três filhos do casal isolaram-se em Granada para evitar os media. Assim que assinou divórcio, a mulher recebeu no mesmo dia dois mil milhões de dólares. Património do milionário da Microsoft vale 145 mil milhões.

Em primeiro lugar, "sabemos que não foi uma separação nada amigável", noticiou o TMZ, popularíssimo site norte-americano de celebridades, sobre o "divórcio do ano". A separação do milionário Bill Gates, de 65 anos, e da sua mulher Melinda, de 56, foi anunciada esta semana. O casamento durou 27 anos.

"Depois, sabemos que Melinda e a maior parte da família ficou verdadeiramente furiosa com o Bill devido a várias coisas que, afirmam eles, ele fez" - revelou o TMZ sem apurar o que são essas "várias coisas".

Em segundo lugar, é cada vez mais claro que "o divórcio estava a ser preparando há muito tempo", atesta o site. E, finalmente, "parece que chegaram a um acordo sobre a divisão de bens e propriedades, já que os advogados estiveram a trabalhar nisso durante vários meses".

Dois mil milhões logo à cabeça

Ainda que os números do acordo de separação entre o criador da Microsoft e a sua mulher não tenha sido oficialmente revelado, sabe-se agora que Bill Gates transferiu dois mil milhões de dólares em ações para Melinda no exato mesmo dia em que ela assinou o divórcio.

Os dois mil milhões não serão a soma final; o acordo global envolverá ainda mais dinheiro.

PUB

A parte mais relevante do acordo incidirá sobre o controle da Fundação Bill & Melinda Gates, a maior fundação privada do mundo, criada em 2000 e com uma dotação atual de 49,8 mil milhões de dólares. E há ainda o património líquido de Bill Gates, que está estimado em 145 mil milhões de dólares, segundo o Índice de Bilionários da Bloomberg.

Divórcio decidido na pandemia

O divórcio de Bill e Melinda foi preparado e arquitetado em plena pandemia do coronavírus. Tudo estava decidido desde 2020, descobriu o TMZ. E a família fez mesmo planos para o anunciar em março de 2021.

O plano envolvia o aluguer de uma ilha paradisíaca privada onde toda a família se iria reunir para evitar o cerco dos media assim que a bomba mediática caísse.

Todos ao lado de Melinda

Fontes com conhecimento direto do processo disseram ao TMZ que Melinda Gates alugou a ilha inteira de Calivigny, em Granada, no mar do Caribe. O preço não é definitivamente para qualquer um: alugar a ilha de Calivigny custa 132 mil dólares (108 mil euros) por noite.

O plano era que Melinda e as crianças - o casal tem três filhos: Phoebe, de 19 anos, Rory, de 22, e Jennifer, de 25 -, a que se juntariam outros familiares do círculo íntimo, fossem todos para a ilha. E foram. Todos menos Bill.

Aparentemente, toda a família já sabia que Bill e Melinda iam divorciar-se e que a iniciativa da decisão era dele. Houve um certo azedume associado à separação e praticamente todos os membros da família Gates ficaram do lado de Melinda, diz o TMZ. Ou, dito de outro modo, "eles estavam muito zangados com o Bill, ele fez certas coisas, coisas que não são boas, e por isso não foi convidado para o momento especial da reunião em Calivigny", disse uma fonte anónima bem informada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG