Redes Sociais

Famosos, carismáticos, longe do Instagram

Famosos, carismáticos, longe do Instagram

Para muitos, ter milhares de seguidores é sinónimo de reconhecimento, mas há muitas celebridades influentes que dispensam o palco virtual.

Mais depressa se ouve falar em rankings dos mais seguidos no Instagram e de quem está no topo da lista dos denominados influenciadores do que de quem continua a não ter qualquer perfil na montra virtual. Mesmo que os milhares de seguidores e reações se traduzam em dinheiro e fama, há muitas celebridades, principalmente da área da representação, que se mantêm longe das redes sociais.

Conhecidas do grande público, não precisam de apresentação ou promoção e, por isso, não veem qualquer utilidade em estar nas redes. Assim é com Brad Pitt. Já Kate Winslet, que se popularizou após protagonizar "Titanic", atenta "aos efeitos potencialmente negativos das redes sociais na nossa autoestima", dá o exemplo ao manter-se longe, mesmo havendo perfis criados pelo público. George Clooney também muitas páginas geridas por fãs, mas costuma lembrar que não tem conta oficial.

PUB

Partilhar detalhes da vida pessoal como rotina é algo que incomoda Scarlett Johansson e que justifica a sua decisão de não ter qualquer conta nas redes sociais. Mesmo assim, a protagonista de "Vingadores" não deixa de granjear popularidade e inspirar o público.

"Vejo e presto atenção às redes sociais, mas se vires uma conta minha é certo que não sou eu", declara Jennifer Lawrence. A estrela de "The hunger games: Os jogos da fome" diz-se viciada nos vídeos do TikTok, mas feitos por outros.

A falta de interesse e de assunto é o que afasta Keanu Reeves, um dos artistas de Hollywood que mais preza a discrição. Regularmente, o intérprete de "Matrix" é visto a usar o metro de Nova Iorque ou a comer piza ao ar livre, longe das poses do Instagram. Enquanto isso, a preguiça é o que trava Sandra Bullock de experimentar as redes sociais.

O ambiente tóxico é o que afasta Kristen Stewart da Internet. Cate Blanchet avança com os mesmos motivos, notando que estas ferramentas fomentam o narcisismo.

Em Portugal, numa altura em que há quem consiga trabalho na ficção à conta do número de seguidores, são raros os exemplos de quem resista. O ator da novela "Festa é festa" Hélder Agapito é uma exceção, assumindo que é mais feliz sem redes sociais. Sem deixar de ser "uma pessoa relativamente informada", mantém-se assim imune à pressão digital.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG