Israel

Bar Refaeli enfurece conservadores religiosos

Bar Refaeli enfurece conservadores religiosos

Os ortodoxos dizem que a modelo Bar Refaeli não representa o povo judeu, pois foi noiva de Leonardo DiCaprio e não cumpriu serviço militar. "É impossível agradar a todos", responde o governo que vai prosseguir com a campanha internacional.

Segundo um grupo de estudantes ortodoxos da Universidade de Bar Ilán, Refaeli, de 27 anos, não representa os israelitas, desde que teve uma relação pública com o ator que não é judeu.

Para mostrarem o seu descontentamento com a escolha, contactaram o ministério de Exteriores de Israel explicando os motivos pela qual a modelo não pode ser a cara da nova campanha internacional do governo.

Para além do romance com o ator, os estudantes alegaram também que Bar Refaeli não frequentou o serviço militar, que é obrigatório para todas as mulheres, em Israel, por dois anos.

"Refaeli não fez o serviço militar e orgulha-se disso. Antes de oferecermos alguma coisa ao mundo, temos que decidir quem somos", disse um estudante religioso.

No entanto, as queixas parecem não abalar o governo, que garante que a campanha seguirá com a modelo israelita: " É impossível agradar a todos. Queríamos mostrar uma visão cosmopolita de Israel, sem guerra e violência, e Bar coincide totalmente com esta imagem. Ninguém a vai substituir, até porque nós acreditamos que a vida pessoal e amorosa dela, bem como a sua decisão de não ir para o exército, é só sua, e não devia interessar a ninguém", concluiu Hirschson, porta voz do ministério.

Outros Artigos Recomendados