O Jogo ao Vivo

Cinema

Christian Bale engordou 18 quilos para novo filme

Christian Bale engordou 18 quilos para novo filme

É o chamado "estica-encolhe". Tem sido assim com Christian Bale, que ora engorda ora emagrece, de forma extrema, para dar vida a personagens marcantes no grande ecrã. A mais recente é para interpretar o implacável político norte-americano Dick Cheney em "Vice".

Mais 18 quilos que o tornam praticamente irreconhecível. É assim que Christian Bale surge no trailer de "Vice", filme que retrata a vida do antigo vice-presidente norte-americano durante os mandatos de George W. Bush e cuja estreia está marcada, nos EUA, para o final deste ano. O ator, que depois de várias alterações físicas em nome da sétima arte tinha dito que não voltaria a submeter-se a mudanças radicais, acabou por ceder.

A culpa, diz o britânico, de 44 anos, é do argumento de Adam McKay, que também assina a realização. "Disse que não iria fazê-lo outra vez, mas o malvado do Adam McKay escreveu um guião tão bom que não consegui dizer que não", explicou. "Procurei várias razões para negar, mas ele tinha sempre uma resposta para mim. Por fim, acabei por dizer: 'Maldição. Tens razão, tenho de fazê-lo".

PUB

Eis o trailer:

As suas alterações drásticas de aparência já se tinham feito notar com "American Psycho" (2000), quando se obrigou a uma exigente rotina de exercícios físicos para ganhar músculo e vestir a pele do "serial killer" Patrick Bateman. "As pessoas começaram a pensar que eu era mesmo fanático por exercício, mas não sou", disse na época.

Outra das suas mudanças aconteceu em 2004, quando perdeu 30 quilos para protagonizar "O Maquinista", de Brad Anderson. Foi a produção do filme que o impediu de ir ainda mais além, uma vez que a sua vontade era diminuir o seu peso em mais 20 quilos.

Um ano depois, deixava a aparência esquelética para chegar aos ecrãs com "Batman - O Início", onde surgiu, tal como a personagem o exibe, com um físico atlético.

Em 2010, em "The Fighter - Último Round", de David O. Russell, voltava a surpreender pela magreza extrema, ou não tivesse o ator perdido 15 quilos para encarnar a figura de Dicky Eklund ao lado de Mark Wahlberg.

Christian Bale não se ficou por aqui. Há cinco anos, em "Golpada Americana", pesava 100 quilos, mais duas dezenas do que os seus "normais" 80. "Comi muitos donuts, muitos hambúrgueres com queijo. Basicamente, comi tudo o que tinha à mão", contou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG