Pessoas

Ex de Britney Spears diz que 16 mil euros por mês não chegam para os filhos

Ex de Britney Spears diz que 16 mil euros por mês não chegam para os filhos

O ex-companheiro de Britney Spears vai levar a cantora a tribunal. Tudo porque alega que os 20 mil dólares que recebe por mês de pensão de alimentos não chegam para educar os filhos.

Kevin Federline já mandatou os seus advogados para avançarem com a ação na Justiça. O bailarino, que tem a guarda dos dois filhos que tem comum com Britney, alega que os atuais 20 mil dólares (cerca de 16 mil euros) que recebe por mês da cantora não chegam para a educação dos menores.

O rapper e dançarino procura em tribunal a revisão da pensão de alimentos paga por Britney Spears, depois de se ter tornado público o contrato de quatro anos conquistado por Britney Spears para atuar em Las Vegas.

"Com esta nova fonte de rendimento, é normal que os filhos também possam receber mais", afirnou fonte próxima do ex-companheiro de Britney, citada pela imprensa internacional.

Aquando da separação do casal, a Justiça entregou a custódia de Sean, de 12 anos, e Jayden, de 11, ao pai, embora os dois filhos possam fazer visitas regulares à mãe.

ver mais vídeos