Pessoas

Jimmy Fallon emociona-se no seu regresso ao ecrã após a morte da mãe

Jimmy Fallon emociona-se no seu regresso ao ecrã após a morte da mãe

O apresentador de "The Tonight Show Starring Jimmy Fallon", da NBC, regressou à condução do programa cerca de uma semana depois da morte da mãe, Gloria, a 4 de novembro. As suas primeiras palavras foram-lhe dedicadas.

Um discurso de abertura em que Jimmy Fallon se deixou levar pela emoção. "Como alguns de vocês sabem, a minha mãe, Gloria, morreu recentemente. Cancelei os nossos programas na semana passada para estar com a minha família e resolver alguns assuntos. Ela era a [minha] melhor audiência, ela era a única que eu sempre tentei fazer rir, e era uma fã do programa e de tudo o que eu fiz", começou por dizer o norte-americano.

Fallon, de 43 anos, lembrou a sua infância, quando ia com a mãe e a irmã a uma loja. "Ela apertava a minha mão três vezes e dizia: 'Amo-te'. Eu apertava também e dizia: 'Também te amo". "Na semana passada, estava no hospital, agarrei a mão dela, apertei-a e disse: "Amo-te"... Eu sabia que estávamos em apuros, sabem?", recordou.

O apresentador quis deixar um agradecimento aos espectadores. "Sinto-me tão abençoado por poder fazer isto todas as noites e agradeço o apoio de todos para com a minha família durante a semana passada. Nós vamos continuar a trabalhar muito para trazer luz e um pouco de sorrisos a este mundo. Obrigado por assistirem, obrigado por me ajudarem, a mim e à minha família, a recuperar esta perda", disse.

As palavras final do seu monólogo, foram, no entanto, para a mãe Gloria, que morreu no NYU Langone Medical Center, em Nova Iorque, vítima de cancro: "Mãe, nunca vou deixar de a tentar fazer rir. Amo-te", concluiu.