Leilão

Joia de Maria Antonieta vendida por 32 milhões de euros

Joia de Maria Antonieta vendida por 32 milhões de euros

Uma joia que pertenceu à rainha Maria Antonieta de França foi vendida em leilão por uma quantia recorde de cerca de 32 milhões de euros.

Um pingente de pérola e de diamante que pertenceu à rainha Maria Antonieta de França, cujo reinado se prolongou entre 1774 e 1792, foi vendido num leilão em Genebra, na Suíça, por um valor recorde de cerca de 32 milhões de euros, depois de ter sido avaliado numa quantia bem mais baixa, localizada perto dos 1,8 milhões de euros.

Para se ter uma noção do valor astronómico pago por este objeto, importa referir que o anterior recorde era referente ao pagamento de um colar que pertenceu a Elizabeth Taylor e que foi vendido em 2011 por quase 10,5 milhões de euros.

O pingente que outrora pertenceu à rainha francesa, mulher de Luís XVI de França, fazia parte de uma grande coleção de joias vendida pela casa real de Bourbon-Parma, em Itália, e alguns dos objetos não eram vistos em público há mais de 200 anos.

Por entre a lista de itens que foram leiloados, destaque ainda para alguns antigos pertences do rei Carlos X de França, dos arquiduques da Áustria e dos duques de Parma. Ao todo, a coleção rendeu aos vendedores mais de 60 milhões de euros.

Recorde-se que Maria Antonieta e Luís XVI morreram guilhotinados, em 1793, pouco tempo depois de, em 1792, a monarquia constitucional em França ter sido abolida e a Primeira República Francesa ser proclamada a 21 de setembro desse mesmo ano.