Pessoas

Mira Sorvino acusa realizador "conhecido pelo perfil de justiça social" de assédio

Mira Sorvino acusa realizador "conhecido pelo perfil de justiça social" de assédio

Depois de ter sido uma das primeiras a acusar o produtor Harvey Weinstein de assédio sexual, a atriz norte-americana revelou agora que esse não foi caso único.

"Quando olho para ti não consigo evitar que o meu espírito viaje das possibilidades artísticas para as sexuais". Esta foi uma das frases que Mira Sorvino ouviu durante uma audição que fez para um filme, em início de carreira. Sem nunca revelar quem a proferiu, a atriz norte-americana, de 50 anos, adiantou apenas que se tratou de um realizador "conhecido pelo perfil de justiça social". "Acho que a minha boca se abriu de espanto e o meu silêncio foi ensurdecedor", acrescentou, sobre esse momento.

A confissão surge depois de ter sido uma das primeiras a acusar Harvey Weinstein, em outubro do ano passado, de assédio sexual. Em entrevista ao podcast "In Conversation", da Associação de Imprensa Estrangeira em Hollywood, revelou agora que esse não foi caso único.

"Ao pensar para a minha carreira, percebi que numa das minhas primeiras audições, quando eu tinha 16 anos, fui completamente tratada de forma inadequada pelo diretor de elenco. Com objetivo de me assustar para uma cena de um filme de terror, ele amarrou-me a uma cadeira, magoou-me num braço e depois amordaçou-me, dando a entender que queria sexo em troca de trabalho", recordou, afirmando que foi usado um preservativo como "açaime". "Eu era jovem demais para saber, graças a Deus, o que era um preservativo".

Acabaria, diz, por não ter ficado com o papel a que concorria e adianta que foi avisada por amigos que se queria "progredir numa carreira" em Hollywood, teria de "fazer sexo com todo o género de pessoas". Rematou sublinhando que foi por "nunca o ter feito" que perdeu trabalhos.

Sorvino, filha do ator Paul Sorvino, estreou-se no início dos anos 90 em séries e telefilmes. Em 1995, teve a sua primeira grande oportunidade no filme "Poderosa Afrodite", realizado e protagonizado por Woody Allen, cujo papel lhe valeu um Globo de Ouro e um Óscar como melhor atriz secundária.

ver mais vídeos