Bahamas

Modelo norte-americana atacada por tubarão enquanto era fotografada

Modelo norte-americana atacada por tubarão enquanto era fotografada

A modelo norte-americana Katarina Zarutskie foi mordida por um tubarão-enfermeiro durante umas férias em Exuma, nas ilhas Bahamas.

Katarina Zarutskie, de 19 anos, estava com o namorado e com familiares deste em Exuma quando viu pessoas a interagirem com um grupo de tubarões-enfermeiro, que nadavam junto a uma doca local. A jovem modelo decidiu fazer o mesmo e, apesar da preocupação do namorado, acabou por entrar nas águas cristalinas do mar das Bahamas para, dessa forma, obter fotografias únicas.

Um residente incentivou-a, conta a imprensa local, a deitar-se na água, dizendo-lhe que não correria qualquer risco. O facto é que se enganou e segundos depois Katarina foi mordida no braço esquerdo por um desses peixes, momento captado pelo pai do namorado.

Apesar do susto que apanhou, Katarina soube manter a calma e conforme é possível ver nos registos fotográficos partilhados na sua conta de Instagram, apertou a zona do braço que ficou ferida de modo a evitar que o sangue se espalhasse e, desta forma, atraísse mais tubarões.

Além da cicatriz e da medicação que teve de tomar para evitar uma possível infeção, a modelo não se livrou também de uma onda de críticas depois de a notícia ter sido partilhada por vários órgãos de comunicação social.

Contactada pela BBC, Katarina procurou desvalorizar a situação e referiu que se sente "abençoada" por nada de pior ter acontecido.

Além da paixão pelo mundo da moda, Katarina Zarutskie pretende estudar, curiosamente, enfermagem e o oceano não é desconhecido para ela, dado que já praticou desportos aquáticos e tal como revelou na mesma entrevista tem conhecimentos de surf e mergulho.

ver mais vídeos