Reino Unido

Príncipe Carlos e o futuro como rei: "Não vou ser intrometido. Não sou assim tão estúpido"

Príncipe Carlos e o futuro como rei: "Não vou ser intrometido. Não sou assim tão estúpido"

O príncipe Carlos, herdeiro ao trono britânico, garantiu num documentário que não vai dar opiniões nem manifestar-se acerca determinados temas quando for o rei.

Preparou-se a vida toda para ser rei e o dia de subir ao trono pode estar cada vez mais próximo. Visto como alguém que se intromete na vida pública e que opina sobre os mais variados temas, Carlos assegura que vai mudar o discurso quando for rei.

"Não vou ser intrometido. Não sou assim tão estúpido. Tenho noção que ser soberano obriga a uma forma de atuar diferente. Por isso, é óbvio que entendo perfeitamente como isso funciona", declarou à BBC, num documentário sobre o seu 70.º aniversário e que projeta o mais que provável futuro do príncipe enquanto rei.

Durante uma das entrevistas do documentário "Príncipe, filho e herdeiro - Carlos aos 70" (BBC), que é exibido em Inglaterra esta quinta-feira, Carlos garante que o papel de príncipe e de rei são distintos e que saberá distinguir as duas funções.

"Creio que é vital recordar que só há espaço para um soberano de cada vez, não há espaço para dois. Não posso ser o soberano e o príncipe de Gales ou o herdeiro ao trono ao mesmo tempo. A ideia de que me vou comportar da mesma maneira se tiver de ser rei não faz sentido, pois são duas situações completamente diferentes."

Camilla Parker Bowles, duquesa da Cornualha e mulher do príncipe, também foi entrevistada para o documentário e falou sobre o a responsabilidade de o marido poder ser rei em breve.

"O destino dele vai chegar, ele sempre soube o que ia acontecer e não creio que vá ser um peso nos ombros dele. É apenas algo que vai acontecer", referiu.

ver mais vídeos