Polémica

Weinstein acusado de assédio sexual por apresentadora de Hong Kong

Weinstein acusado de assédio sexual por apresentadora de Hong Kong

Uma antiga apresentadora de uma estação televisiva de Hong Kong deu uma entrevista sob o anonimato em que acusa o produtor de cinema Harvey Weinstein de a ter assediado num quarto de hotel, em 2009.

À data dos acontecimentos, a mulher, cuja identidade permanece anónima, era uma aspirante a apresentadora da edição chinesa do programa de moda "Project Runway". Harvey Weinstein estava a tentar entrar no mercado televisivo chinês e a jovem aceitou encontrar-se com o produtor num quarto de hotel para uma suposta reunião de trabalho.

De acordo com a imprensa internacional, o produtor de cinema e a candidata sentaram-se no sofá, Weinstein tocou-lhe na cintura e nos braços e ter-lhe-á pedido que tirasse a roupa. Perante a recusa, a estrela de Hollywood afirmou que não lhe poderia dar o trabalho.

Apesar de ter dito que não, a apresentadora conta que Harvey Weinstein lhe puxou a blusa e sugeriu que esta o observasse enquanto ele tomava banho. A jovem voltou a recusar e o antigo copresidente da produtora Weinstein Company sugeriu que fosse ela a tomar banho, ficando ele a admirá-la.

Perante a atitude da candidata, Weinstein acabou apor perder a paciência e disse-lhe para sair do quarto. "Ok, tudo bem, podes ir", terá dito, segundo a alegada vítima.

Apesar de a sua identidade não ser conhecida, a revista "The Hollywood Reporter" afirma tratar-se de uma antiga apresentadora, na casa dos vinte anos e com uma década de experiência televisiva.