Entrevista

Melania Trump diz que vítimas de #MeToo "têm de mostrar provas"

Melania Trump diz que vítimas de #MeToo "têm de mostrar provas"

Numa rara entrevista à ABC News, Melania Trump garante que apoia as vítimas de agressão sexual, mas que estas "têm de mostrar provas" quando se chegam à frente.

Durante a sua viagem pelo continente africano, Melania Trump concedeu uma rara entrevista à ABC News, que será emitida na íntegra na próxima sexta-feira. Mas, entretanto, o canal divulgou um breve "teaser", no qual a primeira-dama dos EUA se pronuncia pela primeira vez acerca do movimento #MeToo.

"Apoio as mulheres e elas precisam de ser ouvidas. Precisamos de apoiá-las e não apenas mulheres, homens também", começou por defender Melania, acabando por conduzir o jornalista, Tom Llamas, à questão seguinte: "Acha que os homens que foram acusados de assédio e agressão sexual foram tratados de forma injusta?".

PUB

Neste ponto, a mulher de Donald Trump é clara: "É necessário haver provas sólidas das acusações. Mostrem-nas. Têm de mostrar provas. Não podem simplesmente dizer que foram assediadas sexualmente, porque por vezes os média vão longe demais e a forma como retratam algumas histórias... não é correta."

Recorde-se que Donald Trump já se viu envolto em vários escândalos sexuais, tendo sido publicamente acusado de comportamentos sexuais impróprios para com várias mulheres. Melania tem-se mantido à margem dessas acusações.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG