Gente

Rúben Rua perde trabalho para dançar

Rúben Rua perde trabalho para dançar

Contra as expectativas do próprio, Rúben Rua continua a dar cartas no "Dança com as estrelas", e já vai para a quinta gala do programa dos domingos à noite da TVI.

O modelo, nascido há 27 anos no Porto, assume estar a ultrapassar os desafios com muito sacrifício, mas que está a adorar a experiência. "Não esperava ir tão longe e tinha a noção de que era o menos popular dos oito", começou por dizer o manequim ao IN", durante um passeio de barco organizado pela PlayStation.

Rúben Rua explica que a sua participação está a ser-lhe benéfica e que as pessoas lhe falam na rua, o que antes não acontecia. "Noto que fiquei mais popular, não só pela abordagem na rua, como a nível de seguidores nas redes sociais. E também noto que o programa me deu não só uma imagem como uma voz. Coisa que até aqui nunca tinha tido. Em termos mediáticos, eu era uma imagem que aparecia em catálogos de moda, alguns editoriais. O público não me conhecia e o programa ajudou a mostrar quem é o Rúben. Para já só tenho coisas boas a dizer", afirma o manequim, que já teve de recusar trabalhos, perdeu dinheiro e teve de alterar as férias, para continuar a dançar

"Na primeira edição, eu tinha pensado que se surgisse o convite talvez aceitasse. Quando agora surgiu o convite, a minha vida deu uma reviravolta. Tive de antecipar as férias, desmarcar hotéis, perdi o voo para Ibiza...... Em termos profissionais como "booker" continuo a trabalhar todos os dias, já como modelo não. Podia fazer alguns trabalhos, mas isso fazia com que eu ensaiasse menos. Por isso tomei a decisão de enquanto estiver na dança, não aceitar nenhum trabalho. E já tive de recusara algumas boas propostas", desabafa.

ver mais vídeos