Música

Salvador Sobral: "Conan Osíris tem tudo para ganhar Eurovisão"

Salvador Sobral: "Conan Osíris tem tudo para ganhar Eurovisão"

O vencedor da Eurovisão em 2017, Salvador Sobral, admitiu, numa entrevista à RTP, que a música de Conan Osíris tem tudo para ganhar em Israel, mas que "não compraria um disco dele".

"Não é o meu estilo. Se calhar ele também não iria comprar o meu disco, não é a cena dele. Não é uma coisa que eu ouviria ao chegar a casa. Não é meu estilo", referiu o cantor, que vai editar a 29 de março o seu novo álbum, "Paris, Lisboa", o primeiro trabalho que faz a solo depois de ter vencido o concurso internacional com "Amar pelos dois".

No entanto, Sobral mostra-se otimista em relação à participação do cantor de "Telemóveis". "Tem todos os fatores [para ganhar]. É o que eles querem: [alguém que tenha] impacto, que seja muito diferente e que se distinga. Tem tudo: a música, a maneira como ele está vestido, tem tudo para ganhar aquilo", apontou no programa "Grande Entrevista".

"Na Suécia, estavam a ver o Festival da Canção sueco. Escolheram o representante deles. Depois mostrei: olhem aqui o que Portugal vai mostrar. Já sabia: wow, é isso que eles precisam na Eurovisão, é o wow", considerou.

Salvador Sobral salienta que, no seu caso, também foi o fator "diferença" que o fez ganhar com uma canção "muito diferente", com letra da sua irmã Luísa Sobral. E como Conan Osíris "tem o fator diferença", tem tudo para ganhar.

"Não é a música que interessa, é a diferença. Isto não é sobre a música, é sobre o impacto. É entretenimento, é um programa de televisão, que mostra as novas tecnologias musicais", frisa.

Embora assuma que não aprecia a música de Conan Osíris, o cantor sublinhou que tem amigos "que gostam muito" do artista e que "são amigos dele".