Espetáculo

Mãe de Sara Carreira em lágrimas no abraço a Tony e a Ivo Lucas

Mãe de Sara Carreira em lágrimas no abraço a Tony e a Ivo Lucas

A televisão não mostrou mas, já no final da gala da Associação Sara Carreira, Fernanda Antunes subiu ao palco para agradecer a cada um dos artistas em dezenas de abraços.

A emissão em direto da SIC a partir do Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa, tinha terminado há minutos quando, depois de alguns momentos a ser convencida, Fernanda Antunes subiu ao palco da Gala dos Sonhos e cumprimentou, individualmente, todos os artistas que, na passada quarta-feira, atuaram para incentivar os donativos para a Associação Sara Carreira. A mãe da artista que perdeu a vida há quase um ano - completa-se neste domingo, 5 de dezembro -, vestida integralmente de cor de rosa, as cores da associação, subiu ao plateau, amparada pelos amigos. Abraçou os participantes e não escondeu a emoção e as lágrimas no cumprimento a Ivo Lucas - o ator e músico que conduzia a viatura que capotou na zona de Santarém -, à cantora Bárbara Bandeira e ao ex-marido, Tony Carreira. Foram momentos que a televisão já não mostrou. A empresária foi confortada pelo filho mais velho, Mickael.

O gesto de Fernanda Antunes foi um dos pontos altos de uma noite na qual a Associação, que está a ajudar 21 bolseiros desfavorecidos, reuniu os primeiros 207 mil euros.

Depois de Mickael Carreira ter dito em palco que a perda da irmã "é uma dor que não tem fim", e de David ter afirmado que ninguém da família "esperava ter de passar por este momento", Tony Carreira falou ao JN num dos intervalos. O cantor pensou todo o espetáculo, juntamente com o diretor da SIC, Daniel Oliveira, e a produtora Fremantle, mostrando-se orgulhoso do que estava a acontecer no auditório principal do CCB. "Isto é uma missão muito importante para mim. Estou a gostar do espetáculo, principalmente pelo coração das pessoas, dos meus colegas, dos artistas, dos apresentadores de televisão". Tony Carreira destacou "esta solidariedade. É a primeira gala, não criei expectativas, mas estou muito contente pela generosidade".

Nos bastidores da gala, vários famosos estiveram num call center a angariar fundos dos telespectadores, que doaram montantes entre os quatro e os 500 euros para a Associação Sara Carreira.

João Manzarra foi o mágico de serviço, houve várias atuações ao vivo e leitura de poemas, com Júlia Pinheiro, Ricardo Carriço e Cláudia Vieira. A atriz lembrou ao nosso jornal o momento em que conheceu Sara Carreira. "Quando apresentei o "Ídolos", a Sara acompanhava o pai ao estúdio. Ela via os "Morangos com açúcar", tinha posters nossos em casa e sentia muito carinho da parte dela. A minha filha Maria chegou a passar um dia com ela e o desaparecimento da Sara foi um choque." Cláudia Vieira é embaixadora da Associação. "Foi uma noite muito especial e emotiva. Estou disponível para colaborar em tudo o que for preciso."

PUB

Já Paulo Battista teve a responsabilidade de desenhar os fatos de Mickael e David Carreira. O alfaiate dos famosos disse ao JN que a família "ainda tem dificuldades em acreditar na morte da Sara", uma "menina especial". Paulo Battista é um dos padrinhos dos 21 bolseiros da Associação Sara Carreira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG