Novelas

Renato Godinho: "Bati a sério na Mariana. E, infelizmente, magoei-a"

Renato Godinho: "Bati a sério na Mariana. E, infelizmente, magoei-a"

Protagonista em novela da SIC confessa que "deu um estalo" depois de a atriz ter aceitado proposta da direção do elenco. E conta que também já foi agredido.

A par do "Heitor", de "Nazaré" (interpretado por Rui Unas), Renato Godinho, o "Tiago" de "Terra brava", a novela que se segue na emissão à noite da SIC, já convenceu como o homem mais violento da ficção. Possessivo e ciumento, começou por agredir a mulher, "Beatriz" (a atriz Mariana Monteiro) com um estalo, e a vítima mais recente foi "Tina" (Luciana Abreu). A atriz, aliás, aproveitou a cena para apelar que "todas as vítimas de violência doméstica denunciem".

Renato Godinho percebe a sensibilidade do seu papel, mas tem-no levado tão à letra que a primeira a sofrer as consequências, inadvertidamente, foi Mariana Monteiro.

PUB

"Bati a sério na Mariana. E, infelizmente, magoei-a", confessa o ator, de 38 anos, em declarações ao JN. "Pedi desculpa, ela disse que estava tudo bem, mas a cara ficou toda vermelha... eu não queria, mas ela aceitou a proposta da direção de atores", acrescenta ao nosso jornal. "São cenas complicadas porque tem de se conjugar muita coisa".

Renato também foi alvo de agressões, que o levaram para o hospital. "Já me abriram lábios, nariz, até a cabeça. Em 'Vidas opostas', numa cena de agressão, o Rui Morrison partiu-me a cabeça com um candelabro. Era sangue por todo o lado. Quis continuar a gravar para o 'take' ficar real, mas o realizador não quis. Dois dias depois tive de fazer uma TAC, porque as dores não passavam!", lembra.

"Papa-novelas"

O artista está há quatro novelas consecutivas no elenco principal, só na SIC - "Espelho d'água", "Vidas opostas", "Alma e coração" e, agora, "Terra brava" -, mas se se contar com participações especiais, o número passa a sete. Só que este verdadeiro "papa-novelas" não está cansado. "É verdade, vou na quarta novela seguida. Mas não me canso. Aliás, divirto-me a trabalhar", refere.

O ator admite que as pessoas "se podem fartar", mas a longevidade dele próprio na ficção mantém o intérprete "mais atento, sem o risco de adormecer".

O filho Sebastião "não vê novelas", mas acompanha-o "no teatro" e, quanto a amores, o ator, que foi dado como ex-namorado de Liliana Santos, a enfermeira "Cláudia" de "Nazaré", não resiste à brincadeira: "O meu coração está numa relação com as alvéolas...".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG