Gente

Ronaldo desmente alegado assédio a menor

Ronaldo desmente alegado assédio a menor

Já não é a primeira vez que o nome da jovem norte-americana Meredith Mickelson, manequim de 16 anos, surge nas páginas da Imprensa.

Desta feita, o "Correio da Manhã" publicou ontem que a família da jovem terá em sua posse imagens íntimas enviadas por Cristiano Ronaldo e que pretende usá-las para provar em tribunal o suposto assédio de que Meredith diz ter sido alvo.

Ontem, o avançado português do Real Madrid utilizou a sua conta oficial de Facebook não só para desmentir as alegações mas também para informar que vai avançar com um processo judicial contra o diário do grupo Cofina. "Não tenho por hábito responder aos boatos e mentiras que sobre mim são publicados, nomeadamente nesse jornal", começou por explica CR7. "Porém, neste caso, não posso deixar de denunciar a falsidade dos pretensos factos em que aquela "notícia" assenta e exprimir a minha indignação por mais uma vez o "Correio da Manhã" utilizar abusivamente o meu nome e a minha imagem, publicando um rumor sem qualquer fundamento, com base em boatos veiculados em "websites" sem qualquer credibilidade. Resta-me comunicar que, mais uma vez, irei acionar contra o "Correio da Manhã" todos os meios de defesa e de reparação de prejuízos que a lei me faculta, sem excluir a via penal", escreveu o futebolista de 30 anos.